Coluna Livre com Hermano Henning

Uma boa notícia dada ontem pelo presidente do Flamengo de Guarulhos, Edson David Filho, durante entrevista que deu ao programa Espalha Fatos. Edson disse que o clube já dispõe, reservada, de uma verba de nove milhões de reais para ser utilizada nas reformas do estádio do Jardim Tranquilidade. São doações de empresários locais que podem viabilizar um projeto de recuperação da sede do clube.

A informação será passada, oficialmente, hoje para o prefeito e, com isso, pode ser estabelecida uma PPP, parceria público privada, promovendo assim as reformas que darão ao estádio, que oficialmente pertence à prefeitura, condições de expandir sua capacidade para, pelo menos, mais alguns milhares de lugares.

Esse detalhe dará ao Flamengo condições de receber jogos de divisões maiores do futebol. A agremiação disputa hoje o campeonato profissional da quarta divisão.

O estádio, que leva o nome do antigo presidente da Liga Guarulhense de Futebol, Antônio Soares de Oliveira, é cedido em comodato pela prefeitura ao Flamengo que se responsabiliza por sua manutenção e onde mantem instalações compondo uma verdadeira academia de futebol. Ali, além do gramado em si, estão as instalações com equipamentos de preparação física, musculação, e a escolinha de futebol para a criançada do bairro.

Obra interditada

No estádio do Jardim Tranquilidade existe também uma arquibancada para quatro mil pessoas que nunca foi utilizada. Construída pela prefeitura, sem maiores cuidados, ela foi interditada pelo Corpo de Bombeiros e pela Federação Paulista de Futebol por não apresentar condições de segurança para os torcedores.

Essa arquibancada tem sido a grande pedra no sapato da diretoria do Flamengo. É toda feita de concreto mas tem um problema grave de inclinação que, no entanto, pode ser resolvido com barreiras de segurança em caso de tumulto.

Só que, segundo a Secretaria de Finanças do município, a prefeitura não pode aplicar recursos para a reforma da arquibancada, pois não tem a posse do imóvel.

O problema agora pode ser resolvido através dessa PPP proposta pela diretoria do Flamengo. Vamos esperar e ver o que diz o prefeito.

Esse anúncio feito ontem pelo presidente do clube, Edson David, pode provocar uma reviravolta na decisão da municipalidade em ter o estádio do Flamengo de volta para poder realizar obras e dar uma cara nova ao Antônio Soares de Oliveira, intenção já adiantada pela assessoria do prefeito. Exatamente o que a diretoria do Flamengo quer evitar.