Zona Azul abre oportunidades de trabalho e pode absorver “flanelinhas”

O início da operação da Zona Azul em Guarulhos vai criar oportunidades de trabalho e pode absorver os “flanelinhas” que hoje trabalham pelas ruas da cidade. Serão abertas 50 vagas de emprego formal com carteira assinada. A iniciativa abre novas perspectivas para as pessoas que estão desempregadas e especialmente aos flanelinhas, que possuem uma vasta experiência do movimento dos veículos que circulam diariamente pelas ruas da cidade. 

Os interessados devem entrar no site www.estacionamentodigital.com.br, acionar o link “Trabalhe conosco” e realizar o cadastro. Após uma análise dos currículos, os candidatos que atenderem a todos os requisitos necessários para o exercício das atividades, conforme prevê o contrato, as leis e as regras da concessionária, serão chamados para entrevista e, se estiverem qualificados, poderão fazer parte da equipe de monitores na região central de Guarulhos.

“Os profissionais que atuam no trânsito da cidade como ‘flanelinhas’ são pais de família, têm suas obrigações e é dever da administração pública ajudar a encontrar oportunidades de trabalho para eles, que são profundos conhecedores da mobilidade urbana”, destacou o prefeito Guti.

Todos os que atuam em Guarulhos como “flanelinhas”, portanto, podem participar do processo seletivo. “O conhecimento que esses profissionais têm da cidade é muito importante para o trabalho a ser desenvolvido, por isso, acreditamos que é uma maneira de oferecermos oportunidades para a conquista de um emprego formal e registrado”, destaca Alano Branco, diretor da Estacionamento Digital, empresa que administra a Zona Azul na cidade.

Além das novas oportunidades de emprego, o serviço também vai trazer comodidade para a vida diária dos cidadãos, melhoria na gestão de recursos para o município e a democratização dos espaços públicos em vagas de estacionamento.