Viva a Vida com Vitalidade Vibrante, Visão e Vigor

José Augusto Pinheiro, 57, é jornalista guarulhense, apresentador de eventos sociais e corporativos, palestrante e orador da Academia Guarulhense de Letras.

“Amigo é coisa pra se guardar debaixo de sete chaves, dentro do coração”. Estes são os primeiros versos da emocionante composição de Fernando Brant e Milton Nascimento “Canção da América”, interpretada magistralmente por ‘Bituca’ em 1979. É um verdadeiro hino. Ter amizades verdadeiras é conquistar um dos maiores tesouros da Terra. Amiga(o) é a(o) irmã(o) que se escolhe por laços de alma, não de sangue.


Em 5 de fevereiro, eu tive a felicidade de completar mais uma primavera no Jardim da Vida. E desta vez foi uma data duplamente especial. Além de lançar o livro “Dia após Dia, Disciplina e Gratidão”, eu ainda pude  homenagear a minha mãe, Anna, contando com a sua inestimável presença no evento realizado no Ponto Ka Costelaria.


Centenas de pessoas atenderam ao meu convite e foram adquirir o seu exemplar da obra, bem como aguardaram por muito tempo (mais de uma hora, em alguns casos) para a obtenção da dedicatória deste autor. A emoção de observar tantas pessoas de bem, de pé, esperando o momento de receber o abraço fraterno do escritor, e com ele tirar uma foto… Isso não tem preço, mas inestimável valor. Eu gostaria de eternizar a doce sensação que tive naquelas horas, atendendo ao respeitável público leitor. Realmente eu me senti muito querido. Que presente maravilhoso!


Se não bastante tudo isso, eu ainda experimentei o incondicional apoio da família e de bons amigos, que organizaram a fila, tiraram retratos e cuidaram do ‘caixa’. Aliás, representantes da Maternidade Jesus, José e Maria – entidade beneficiária de parte da renda obtida – estiveram presentes também. Foi possível ler no olhar de Luis Roberto Mesquita e de Rosa Helena Pellegrino o reconhecimento e a convicção de que os obreiros daquela causa social não estão remando sozinhos.


Uma das minhas práticas diárias, com disciplina,  é a gratidão. Quem agradece, a graça desce. Muito obrigado, Rosana, Matheus, Ribamar, Nélio, Neguinha e David. Com a sua visão fraterna, vocês valorizaram vigorosamente a minha Vida, de forma Vibrante. Destaque, também, para os colegas da imprensa guarulhense, que não pouparam esforços para, generosamente, divulgar o livro.


Em tempo – As fortes e persistentes chuvas que caíram no início desta semana sobre as cidades da Grande São Paulo – Guarulhos inclusa – deixaram bem claro quem está no comando. Como os rios, a Natureza segue o seu curso. Afinal, ela já estava aqui bem antes de nós nos ‘apropriarmos’ do espaço. Este é o momento ideal para nós nos harmonizarmos com as águas, as árvores, os animais e o ar – com respeito, disciplina e gratidão. Viva a Vida!

Olho: Uma das minhas práticas diárias, com disciplina,  é a gratidão. Quem agradece, a graça desce.