Virtual é o novo normal

Por: Lucas Felipe – Diretor Executivo da Agência Édigital e Diretor de Comunicação e Marketing da ACE- Guarulhos

Nos últimos anos ouvimos muito falar em transformação digital, e mesmo com o mundo mudando algumas pessoas se arriscavam em permanecer no mesmo lugar, porém hoje, com a crise do coronavírus ser digital é uma necessidade.

Para algumas pessoas ou em alguns momentos o digital foi ou era o que nos distanciava uns dos outros. Hoje, vemos o contrário, o digital faz a ponte entre a gente.

Como exemplo, tivemos este ano uma páscoa totalmente diferente das demais, cada um da sua casa se conectando com quem ama através do virtual, as empresas migrando para o home Office, a qualidade de vida e o desempenho de colaboradores aumentando, a mercearia do bairro migrando para o delivery e vendendo por meio do WhatsApp, e isso é muito bom.

Segundo Nassim Taleb precisamos ser antifrágil assim como essa mercearia. O antifrágil é aquele que passa por uma crise e melhora, diferente do resiliente que resiste a crise, porém continua no mesmo lugar.

Mas, além disso, hoje eu quero falar sobre a Era Pós-Digital, que já é a era em que vivemos hoje, na qual a presença da tecnologia digital é tão ampla que, na maior parte do tempo, nem notamos que ela está lá. Só percebemos sua existência quando por algum motivo ela nos faz falta.

O empreendedor da era pós-digital precisa ser cada vez mais relevante para se destacar. Listei quatro comportamentos que considero os mais importantes:

  1. Criatividade e Colaboração: Todos somos criativos, é só uma questão de
    prática, valorize a criatividade e estimule espaço colaborativos aonde o
    protagonismo é do todo.
  2. Não se limite a tecnologia: Procure sempre descobrir novas fontes de
    conteúdo indo a shows, viajando a cidades que você ainda não conhece e
    freqüentando eventos a que você normalmente não iria. Interaja com pessoas
    fora do seu ciclo normal de relacionamento, com certeza você vai aumentar
    seu diferencial competitivo, tendo uma visão maior de um todo.
  3. Utilize os dados como base para criar coragem e tomar riscos: Dedique-se
    a compreender o que está por trás dos dados e utilize-os para propor e
    defender novas idéias e formas de autuar dentro da sua empresa. Para crescer
    não basta seguir a cartilha, é preciso arriscar e acertar. E para isso muitas
    vezes você precisa estar disposto a correr riscos. Mensure os riscos e arrisque
    mais.
  4. Encontre o seu propósito: As empresas e marcas que não tiverem clareza do
    seu propósito deixarão de existir. Com a pandemia as pessoas estão
    consumindo somente o essencial, e existe a possibilidade de pós pandemia
    esse consumo mais sustentável ser mantido, afinal as pessoas estão
    apreendendo que podem viver com menos coisas. O consumidor vai dar
    preferência para empresas que tem o propósito claro. Esse é o momento de
    você como empreendedor se aprofundar nos seus valores e colocar energia naquilo que tem a ver com o seu negócio e que você acredita que terá um impacto positivo no mundo ou na realidade a qual sua empresa está inserida.

Agora o importante é encontrar o seu espaço nesse novo mundo e refletir sobre o que você pode fazer para surfar essa onda sem tomar um caldo.

Contatos:
(11) 96527-7698
atendimento@agenciaedigital.com
Agenciaedigital.com

- PUBLICIDADE -