Última fase da vacinação contra a gripe começa nesta quarta-feira

A 23ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (gripe) entra em sua terceira e última fase nesta quarta-feira (9). Com isso, serão incluídos também para imunização pelo SUS os portadores de comorbidades, pessoas com deficiência, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário, portuários, profissionais das forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema prisional, população privada de liberdade, adolescentes e jovens sob medida socioeducativa.

As doses da vacina contra a gripe são disponibilizadas no Ambulatório da Criança (Centro) e em 66 Unidades Básicas de Saúde (UBS), das 8h às 16h, com exceção das UBS Paulista, Dona Luíza e Alvorada, que estão servindo de retaguarda para a rede de urgência no atendimento dos pacientes com sintomas de covid-19. As pessoas com comorbidades podem comprovar sua condição por meio da apresentação de exames, receitas, relatórios, prescrição médica, entre outros. A meta é imunizar 90% de cada público-alvo.

Por isso, as pessoas dos grupos beneficiados nas etapas iniciais da campanha que ainda não tomaram a vacina devem procurar uma unidade de saúde para se proteger contra a influenza, doença que pode evoluir com complicações e inclusive causar a morte. Além disso, a proteção contra a gripe é importante para não sobrecarregar ainda mais o sistema de saúde neste momento de pandemia, uma vez que seus sintomas se confundem com os da covid-19.

Como a vacinação contra a gripe ocorre simultaneamente à da covid-19, a pessoa que já está dentro dos critérios para imunização deve priorizar esta última e aguardar o intervalo mínimo de 14 dias para tomar a da influenza. Por isso, é importante que as pessoas levem a carteirinha de vacinação, além de documento com foto, aos postos.