UBS Acácio passa a abrigar Núcleo de Atendimento às Violências (NAV)

Nesta terça-feira (18), Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes, a Prefeitura de Guarulhos irá inaugurar mais um Núcleo de Atendimento às Violências (NAV). O novo serviço, que conta com psicóloga e assistente social, funcionará nas dependências da Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jardim Acácio e será referência para os moradores da região.

Até então as vítimas de violência desse território e de bairros como Vila Galvão, Jardim Palmira, Parque Continental, Jardim Belvedere, Parque Primavera, Taboão, Cidade Martins, Jardim Santa Lídia, Cocaia, Jardim Jovaia, Vila Rio de Janeiro e Morros tinham de se deslocar até o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) para realizar o acompanhamento. Com a instalação de mais esse núcleo, a cidade passa a contar agora com um NAV em cada Região de Saúde.

O NAV é um serviço especializado no atendimento psicossocial e psicoterapêutico às vítimas de violência sexual. O acolhimento delas é realizado por todos os serviços de saúde, nos quais são realizados o registro, a notificação e o encaminhamento para a rede intersetorial e ao serviço especializado NAV. Podem ser atendidas por esse serviço pessoas de todas as faixas etárias e gêneros que tenham sido ou que ainda sejam vítimas de violência.

O objetivo é garantir o cuidado integrado por meio de um atendimento multidisciplinar. O NAV Acácio funcionará de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h, na avenida Silvestre Pires de Freitas, 2.007, Jardim Paraíso. Com a entrega de mais esse núcleo neste mês conhecido como Maio Laranja, por conta da campanha de combate e conscientização contra a exploração sexual de crianças e adolescentes, a cidade passa contar com quatro serviços do tipo.

Os demais funcionam no mesmo horário nos seguintes endereços: rua Tapiramuta, 237, Vila Nova Bonsucesso (UBS Nova Bonsucesso); rua Piracicaba, 114, Gopoúva (CTA); e rua Plácido Ivo de Mello, 68, Cidade Jardim Cumbica (UBS Cummins). Para todos os casos de violência sexual o telefone de denúncia é o Disque 100.