TV Tupi saía do ar há 40 anos; relembre último dia da emissora

A TV Tupi saiu do ar no dia 18 de julho de 1980, uma sexta-feira, há exatos 40 anos. O fato ocorreu dois meses antes de a primeira televisão do Brasil completar 30 anos.

Em São Paulo, por volta das 11h30, três engenheiros do Departamento Nacional de Telecomunicações (Dentel) lacraram o transmissor da emissora, no 10º andar do prédio-sede na avenida Professor Alfonso Bovero. Junto deles, quatro agentes da Polícia Federal.

Situação semelhante ocorreu em outras cidades em que a rede tinha emissoras, como Rio de Janeiro, Fortaleza (TV Ceará), Belém (TV Marajoara), Porto Alegre (TV piratini), Belo Horizonte (TV Itacolomi), Recife (TV Rádio Clube). Restaram apenas Salvador (TV Itapoan) e Brasília (TV Brasília).

Entre as justificativas do governo estavam atrasos no pagamento de funcionários, dívidas em impostos federais e contribuições sociais, débitos das empresas da rede e “incapacidade” em “assegurar a continuidade dos serviços de radiodifusão”.

Em seus últimos momentos, a Rede Tupi enfrentou greves de funcionários. Uma ‘vigília’ foi feita nas últimas 18 horas de programação no Rio de Janeiro, quando cinco apresentadores se revezaram no ar em clima de despedida e de apelos ao então presidente João Figueiredo, último mandatário da ditadura militar no País.

A TV Tupi saiu do ar com a mensagem “Até breve, telespectadores amigos”. A emissora, porém, jamais voltou ao ar.

Atualmente, é possível encontrar alguns momentos da última transmissão da TV Tupi no YouTube. O vídeo abaixo, por exemplo, mostra cerca de 47 minutos antes de o sinal ser desligado no Rio de Janeiro.