Treinamento capacita brigada de incêndio florestal da Prefeitura

default

A Prefeitura de Guarulhos promoveu nesta terça e quarta-feira, dias 10 e 11, um treinamento de brigada de incêndio florestal em parceria com o Corpo de Bombeiros. Coordenada pela Defesa Civil, a ação reuniu cerca de 40 servidores das secretarias de Serviços Públicos e de Meio Ambiente no Horto Florestal, no bairro Água Azul, para aulas teóricas e práticas sobre contenção de fogo em mato.

Segundo o chefe de treinamento do Núcleo de Proteção e Defesa Civil, Gildo Soares, a capacitação ocorre constantemente para preparar as equipes para o período de estiagem, que diminui a umidade em áreas de vegetação e aumenta o risco de propagação do fogo.

Apenas neste ano a Defesa Civil já recebeu 33 chamados referentes a incêndios. “Temos que reforçar todos os conhecimentos técnicos porque a prevenção é essencial. Se as equipes não se preparam, ficam mais suscetíveis a acidentes graves”, explicou Soares.

Guiados pelo 2º sargento do Corpo de Bombeiros Aquino, os participantes apagaram uma série de pequenos incêndios na mata. Foram avaliados o desempenho em equipe, o uso técnico de equipamentos de proteção individual (EPIs), bombas costais e abafadores e a formação de aceiros para impedir a propagação do fogo, entre outras condutas importantes.

Em caso de fogo o morador deve acionar o Corpo de Bombeiros por meio do telefone 193 e jamais tentar apagá-lo sozinho. “O que parece simples na realidade não é. Por isso fazemos esse treinamento sempre, para capacitar nosso pessoal. Não se deve conter um incêndio sem preparo profissional e equipamentos”, orienta o chefe de treinamento.

A brigada de incêndio da Prefeitura atua como apoio ao Corpo de Bombeiros, que é o órgão responsável por lidar com grandes incêndios, e faz o combate aos pequenos focos de fogo em mata quando chamada. A Defesa Civil pode ser acionada 24 horas, todos os dias da semana, pelo telefone 199.

“Após esse treinamento a equipe da Prefeitura já está pronta para atuar ao lado do Corpo de Bombeiros em ocorrências. Esse apoio é imprescindível para nós, pois temos uma grande demanda nas épocas de poucas chuvas”, explicou Aquino.

- PUBLICIDADE -