Treinador do Galo nunca foi eliminado na 1ª fase

No Guarulhense desde 2018, quando chegou para comandar o sub-16, Tony Santana alcançou a marca de sete trabalhos à frente de equipes do Galo sem nunca ter sido eliminado na primeira fase de um torneio da Federação. O treinador enfrentará mais dois desafios neste final de semana.

No ano de sua chegada, Tony classificou sua categoria para a segunda fase nos dois semestres. No Estadual, no final do ano, título perdido para o Mogi na prorrogação da final. O troféu escapou das mãos. Os bons trabalhos, contudo, continuaram.

Em 2019, mais um avanço pelo sub-16 até que, no segundo semestre, ao lado do auxiliar Carlinhos, Tony acumulou a função de treinador do sub-18, conseguindo classificar as duas equipes no Estadual. Nesta temporada, ainda à frente de ambos os times, o profissional repetiu o feito. “Está sendo um ano muito difícil com a chegada da pandemia. Muitos atletas saíram, porém consegui manter as equipes classificadas para quartas”, desabafou Tony.

“A metodologia é, primeiramente, fazer com os atletas confiem na minha filosofia de trabalho. Procuro sempre estudar os movimentos, principalmente a parte defensiva. Trabalho muito a parte psicológica deles, uma vez que tenho atletas com dificuldades em muitos fatores. A união entre atletas, comissão e diretoria ajuda muito dentro de quadra também”, complementou o treinador.

Se depender de Tony Santana, os bons resultados continuarão por muito tempo, tendo em vista a identificação do professor com as cores e a camisa do Guarulhense. “O projeto que a diretoria e o presidente vêm fazendo é maravilhoso e tem dado base para que eu monte equipes de nível ao lado do meu companheiro de comissão técnica. Fico feliz em trabalhar no Galo. Espero ficar por muitos anos por aqui e, quem sabe, eu possa trazer muitos títulos para esse clube”, concluiu.