Toda gastronomia é afetiva!

Serginho Freitas

Fala galera.

Você já assistiu o podcast da Urban em que eu falo sobre gastronomia e food truck?

Se ainda não assistiu, o programa na íntegra está no Youtube, (youtube.com/UrbanCowork) e os cortes do programa estão na página oficial no Instagram (instagram.com/urbancowork).

Corra nas duas plataformas, assista, curta e compartilhe para ajudar a chegar a mais pessoas.

E na próxima quarta-feira, dia 18, vou participar do Podcast Free Papo Reto que vai ao ar pelo canal no Youtube @freepaporeto. O bate papo vai ser sobre gastronomia e sobre os 24 anos de vida noturna nos principais points da cidade que tive o prazer de vivenciar com a coluna social Espaço Teen de A a Z e com o Na Brasa com Serginho Freitas. Serão muitas histórias e causos para contar ao vivo e sem cortes!

Agora vamos falar de uma entrevista que fiz com uma cozinheira simplesmente espetacular.

Ela, que já trabalhou ao lado de um dos melhores cozinheiros que tive o prazer de conhecer, o chef Rodrigo Oliveira do Mocotó Restaurante, montou uma marmitaria que, de verdade, está fazendo muito sucesso.

“Serginho, a “gastronomia afetiva” virou quase um clichê, nos negócios de gastronomia.

Mas quando eu falo em gastronomia afetiva, eu falo em uma comida feita com amor, com ingredientes naturais, sem uso de ultraprocessados. Falo de uma gastronomia honesta com o cliente.” explicou Vanessa Cordeiro proprietária da Gastronomia Afetiva (@vanessa_gastronomiaafetiva)

E só para constar galera, o projeto que ela criou não se trata só de uma gastronomia que lembre comida de vó ou de mãe. Vai bem além disso!

“Claro que essas mulheres de minha vida foram minha grande inspiração e por isso quero levar comida boa, bem-feita, a qualquer pessoa, de qualquer poder aquisitivo. Quero poder oferecer uma sobremesa boa, usando ingredientes de qualidade e cobrando o justo, sem pensar somente no meu lucro. Mas levando a experiência da gastronomia a todos.” contou Vanessa enquanto preparava um doce para nossa equipe experimentar.

Além das marmitas “tipo comida de avó”, e de bolos que são absurdamente deliciosos, a marmitaria também consegue atender clientes mais específicos.

“Hoje tenho a linha de marmitas Fit, Low Carb e Vegetariana. Em breve vou produzir marmitas tipo “kids” com muita cor e visual alegre para a criançada” concluiu a empreendedora visionária

Além de atender por sua página do Instagram, ela também aceita reservas e encomendas pelo  WhatsApp (11)99214-5674.

Ah! Anote uma dica deste ogro que vos escreve: Tente comer as marmitas dela por um mês seguido! Nosso fotografo encarou e além de perder peso o humor dele melhorou mil por cento!

Então é isso!

Semana que vem não esqueçam de me acompanhar no podcast do Free Papo Reto e fiquem ligadassos que na próxima coluna vou fazer um sorteio especial de uma Dolma linda que ganhei do @gastronomiasocialbr.

Um abração a todos!!!

- PUBLICIDADE -