Stap cobra e prefeitura revoga decreto publicado pelo ex-prefeito Elói Pietá que lesava servidores da Saúde

O Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública Municipal de Guarulhos (Stap) obteve importante vitória aos Servidores da Saúde. Na sexta-feira (31), o presidente Pedro Zanotti Filho se reuniu com o prefeito Guti, quando reiterou pedido de revogação de ato lesivo, editado ainda em 2008.

No encontro, ficou decidida a revogação do Decreto 25.509, de 12 de junho de 2008, que permitia descontar até 20% do salário do servidor, em caso de atraso. Pedro afirma: “Os Servidores nunca engoliram aquela arbitrariedade. Muitos perdiam parte importante do salário por causa de um simples atraso”.

O decreto, editado na gestão do ex-prefeito Elói Pietá, tratava da gratificação de dedicação integral e exclusiva à atenção básica. A revogação já foi publicada no Diário Oficial.