Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos consegue café da manhã na Komatsu

Da Redação

Os 200 trabalhadores da Komatsu (Arujá) podem tomar café manhã na fábrica. O desjejum era reivindicação dos funcionários e foi negociada com a empresa no final de junho pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região. A metalúrgica pediu tempo para implantar o refeitório, que começou a funcionar na última quinta-feira (09) .

Os diretores Antônio Francisco da Silva (Fala Mansa), Elenildo Queiroz Santos (Nildo) e Augusto Valdomiro Knupp estiveram na fábrica, para conhecer o local destinado ao desjejum. Para Knupp, cada trabalhador economizará cerca de R$ 4,50 por dia. “Estão todos satisfeitos, porque o objetivo foi alcançado”, comenta. Fala Mansa diz: “A ação sindical é sempre importante quando consegue uma conquista”.

Essa negociação também beneficia os trabalhadores na matriz da Komatsu, em Suzano. Nosso diretor Nildo explica: “Conseguimos o café da manhã aos companheiros aqui e também para os da matriz”.

Imagem: Divulgação