Setor de serviços representará 50% dos estabelecimentos formais em Guarulhos até 2020

Assunto: Lançamento 5 Edição do Caderno Econômico Local: Avenida Presidente Dutra, Km 217, Prédio A - Cumbica, Guarulhos Data: 19.03.2019 Foto: Fabio Nunes Teixeira

Mayara Nascimento

Mantendo o ritmo de crescimento de empregos na cidade, o setor de serviços abriu 409 estabelecimentos no ano passado, se tornando o maior setor responsável pela geração de empregos em Guarulhos. A expectativa é de que o setor de serviços represente 50% dos estabelecimentos formais abertos no município até o final da década. Os dados são da 5ª edição do Caderno Econômico de Guarulhos, lançado ontem pela Secretaria de Desenvolvimento Científico, Econômico, Tecnológico e Inovação (SDCETI).

“Esse caderno é a espinha dorsal para o futuro investidor que se interesse pela cidade. Com o caderno o empresário vem bem informado para a cidade e consegue analisar o melhor caminho”, afirmou o prefeito Guti.

A publicação mostra o crescimento dos postos de trabalho, o que não acontecia desde 2014. Foi registrada no ano passado a criação de 3.751 vagas, o que projeta o início de um período de recuperação, que também se estende aos setores de serviços e de comércio.

A cidade tem forte participação no comércio internacional, tendo finalizado o ano como 21º maior município exportador do país e o 13º maior importador. Em 2018, 646 empresas guarulhenses participaram como importadoras no comércio internacional e outras 432 exportaram. O último saldo positivo na balança comercial ocorreu em 2012.

No Estado de São Paulo, Guarulhos se figura como o 7º maior município exportador e o 5º maior importador. Dentre os 10 produtos mais exportados, cinco deles estão relacionados à indústria farmacoquímica e farmacêutica.

“A cidade de Guarulhos vive um momento de transição entre ser uma cidade base para ser uma cidade do conhecimento. Estamos planejando em longo prazo, e com muito trabalho, liderança, planejamento e execução, iremos transformar a nossa cidade e o Brasil”, contou Rodrigo Barros, secretário da SDCETI.

PIB de Guarulhos

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou recentemente o Produto Interno Bruto (PIB) municipal de 2016. Guarulhos contabilizou um valor de quase R$ 54 bilhões, figurando assim como o 12º maior do país, sendo o 9º maior PIB industrial do Brasil.

Turismo

Em 2018 o setor de turismo foi responsável por gerar mais de 35 mil vínculos empregatícios, envolvendo hospedagem e transporte.

O número de passageiros que circularam pelo GRU Airport – Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica, saltou de 37.7 milhões em 2017 para 42.2 milhões em 2018, movimentando consequentemente o turismo na cidade.

No ano passado a cidade recebeu mais de 27 milhões de passageiros de voos domésticos, representando um aumento de 15% em comparação ao ano anterior.

A rodoviária localizada no Parque Cecap também registrou crescimento e fechou o ano com faturamento de R$ 252 mil.

Imagem: Fábio Nunes Teixeira/PMG