Setor de serviços apresenta saldo positivo nas contratações em Guarulhos, no primeiro semestre

O Paraná liderou as contratações de trabalhadores do mercado formal intermediadas pelas Agências do Trabalhador em 2015. Foto: Divulgação SEDS

Da Redação

A oitava edição do Relatório Conjuntural do Mercado de Trabalho Formal em Guarulhos, lançado ontem, pela Secretaria do Trabalho, mostra que de janeiro a junho deste ano o setor de serviços destacou-se com o saldo positivo de 2.609 contratações formais. A construção civil contribuiu com 218 vagas; e o comércio, apesar do ajuste no período, teve um incremento de 1.397 postos formais nos últimos doze meses. Todas as informações são baseadas nos dados do Cadastro Administrativo Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho (MTb/Caged), seguindo a classificação de setor do IBGE.

Neste primeiro semestre, o número de admissões superou o número de demissões, com 54.980 e 53.040 respectivamente. De acordo com o Ministério do Trabalho, nos últimos 12 meses, a ampliação dos vínculos com carteira assinada ocorreu tanto para homens quanto para mulheres, sendo 1.669 e 705 vagas respectivamente. Para os jovens aprendizes a evolução foi 106 para aqueles de sexo masculino e de 171 para as de sexo feminino. Todos os recortes mostram uma situação mais favorável que o primeiro semestre de 2017.

Além destas informações, o relatório conta ainda com dados da movimentação de emprego por faixa etária, números de empregos formais nos últimos meses, números de contratação de jovem aprendiz e o número de requerimentos do seguro-desemprego na cidade.

Imagem: ANPR/SEDS