Sessão de cinema abrirá 12ª Semana da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha

Da Redação

A 12ª Semana da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha, promovida pela Subsecretaria de Igualdade Racial, vinculada à Secretaria de Assuntos Difusos, tem início hoje, com a exibição do filme “O Xadrez das Cores”, no Centro de Referência de Igualdade Racial, no CEU Ponte Alta. As ações ocorrerão até 28 de julho.

A atividade celebra o Dia da Mulher Afro-Latina-Americana e Caribenha, criada em 25 de julho de 1992, durante o I Encontro de Mulheres Afro-Latino-americanas e Afro-caribenhas, em Santo Domingo, República Dominicana, como marco internacional da luta e da resistência da mulher negra. No Brasil, a data também homenageia Tereza de Benguela, que foi uma importante líder quilombola no século 18.

A população negra corresponde a mais da metade dos brasileiros: 54%, segundo o IBGE. Na América Latina e no Caribe, 200 milhões de pessoas se identificam como afrodescendentes, de acordo com a Associação Mulheres Afro. Tanto no Brasil quanto fora dele, porém, essa população também é a que mais sofre com a pobreza: por aqui, entre os mais pobres, três em cada quatro são pessoas negras, segundo o IBGE.

Imagem: Sidnei Barros