Serginho vê Corinthians com força para chegar na semi da Superliga

SP - VÔLEI-CORINTHIANS-GUARULHOS-APRESENTAÇÃO - ESPORTES - Jogadores durante a apresentação da equipe de Vôlei Corinthians Guarulhos, no CT Joaquim Grava em São Paulo (SP), nesta terça-feira (31). 31/07/2018 - Foto: PETER LEONE/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Da Redação

O Corinthians apresentou ontem o time de vôlei masculino para a temporada 2018/2019. Em parceria com a Prefeitura de Guarulhos, a equipe paulista tem o levantador Marcelinho como principal contratação e capitão do novo time.

“Estou preparado para ser o capitão desse time e representar 40 milhões de torcedores”, declarou o experiente jogador numa referência à torcida de futebol do Corinthians, que apoia todas as modalidades do clube. Além do carioca, o jogador de maior renome é Serginho, líbero e coordenador técnico da equipe. Serginho, no entanto, se exime do cargo de ‘patrão’ do time. “De jeito nenhum (risos). Eu tenho de passar autonomia, mas só na parte técnica”, disse.

Sexto colocado na última Superliga, o Corinthians tem planos maiores para a próxima temporada. “Não gosto de prometer, gosto de fazer. Mas esse ano, o objetivo é estar na final do Campeonato Paulista e na semifinal da Superliga. Temos time para isso”, afirmou o coordenador técnico da equipe.

O evento contou com a presença do prefeito de Guarulhos Gustavo Henric Costa, o Guti, do diretor-adjunto de esportes terrestres Luis Wagner Alcantara, do presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, e do gestor do time de vôlei Anderson Marsili. Além de Marcelinho, foi apresentado também o novo técnico da equipe, Gersinho. Antes no Japão, o treinador foi convidado pelo próprio Serginho para assumir a função.

Líder dentro e fora de quadra, apesar de não carregar a braçadeira de capitão, o líbero ressaltou a importância da manutenção de jogadores importantes para o elenco, como Sidão, Riad e Rivaldo, além da parceria com Guarulhos, para o sucesso da equipe. Piritubano e guarulhense de coração, um dos maiores líberos da história do vôlei não decidiu ainda sobre sua aposentadoria. “Eu acho que a próxima temporada vai marcar muita coisa na minha vida. Não vejo a hora de parar de jogar, mas se tiver condições, se meu corpo ajudar, não tem porquê parar”, afirmou Serginho ao Estado.

A estreia do novo time ocorrerá no dia 10 de agosto na primeira partida válida pelo Campeonato Paulista. O Corinthians tem Serginho (líbero), Sidão (central), Rivaldo (oposto), Riad (central), Fábi (ponteiro), Cesinha (levantador), Gabriel (oposto) Marcelinho (levantador), Diogo (ponteiro), Cristiano (levantador), Luan (ponteiro), Nicolas (central), Arthur (ponteiro), Anderson (central) e Erick (ponteiro).

A comissão técnica também foi renovada e tem Rafa Almeida (assistente técnico), Ronaldo Finotti (supervisor), Renato Soliaman (fisioterapeuta chefe), Hermison Alves (preparador físico) e Marlon, filho de Serginho (supervisor assistente).

Imagem: Peter Leone/Estadão