Senac Guarulhos utiliza a tecnologia para inovar a forma de ensinar

Mayara Nascimento

A nova sede do Senac Guarulhos foi inaugurada em 2016 totalmente digital. Todas as salas possuem lousas interativas independente da área do curso escolhido. Com quatro andares, 11 salas para aula teórica e laboratórios práticos diversificados, a instituição de ensino investe em tecnologia para que todos os alunos possam absorver melhor o conteúdo ensinado.

As lousas eletrônicas são um padrão em toda a rede Senac. Todas as salas, independente do curso, possuem a lousa sensível ao toque, que permitem iteratividade, realização de jogos e atividades divertidas na hora de aprender. “Os alunos querem vir até a lousa, antes era um medo levantar para responder algo. Isso estimula eles, porque todos querem testar e brincar”, contou Sérgio Sato, coordenador dos cursos de Logística, Tecnologia da Informação, Comércio Exterior, Atendimento Corporativo e do polo de educação a distância (EAD).

O Senac trabalha com o protagonismo do aluno e a aproximação do mercado de trabalho. Ao mesmo tempo em que desenvolvem a criatividade do aluno, disponibilizam os equipamentos de última geração para que eles se preparem para todos os tipos de empresa.

Os alunos de todos os cursos da unidade também podem utilizar a impressora 3D, que cria um objeto físico em camadas, com rapidez e precisão a partir de um modelo digital desenvolvido no computador.

Os laboratórios de informática são equipados com celulares, para testar os aplicativos que os próprios alunos aprendem a desenvolver, com computadores de última geração e com mesas digitalizadoras, que permitem a realização de desenhos diretamente no computador para a criação de ilustrações.

“Assim como a tecnologia influencia em nosso dia a dia, com celular, relógio e televisão, não é diferente na educação. Essa tecnologia é usada a favor na formação do aluno. O Senac prioriza que ele tenha todas as condições para absorver o conteúdo. A tecnologia apoia esse processo, tanto para o aluno quanto para os professores e coordenadores, que tiveram um novo modo de aprender e ensinar”, complementou Sato.

O prédio é totalmente estruturado com tecnologia. As portas possuem trancamento por cartão, como nos hotéis. Os professores recebem um estojo com um cartão para destravar sua sala de aula, uma caneta especial para ser usada na lousa digital, um apagador digital e um encarte de conscientização do meio ambiente. Os kits são retirados antes do início de toda aula e devolvido assim que encerrada.

Toda a programação de cursos fica disponível no site (www. sp.senac.br/Guarulhos) ou na unidade presencial, na rua Luiz Faccini, 132, no centro de Guarulhos.

 

Exposição

De forma a incentivar a criatividade dos alunos, o Senac promove exposições itinerantes das produções dos alunos. Em novembro, o Senac Guarulhos recebeu o projeto “Museu da
Empatia Feminina”, dos alunos do Sesc Lapa.

A exposição continha objetos de mulheres que sofreram abuso, e cada um possuía um QR Code, que quando lido, abria um podcast com a história de cada caso, produzido pelos próprios alunos.

 

Meio ambiente

A tecnologia também permitiu novas formas de preservar o meio ambiente. Todas as lâmpadas da unidade são de baixo consumo, priorizam a iluminação natural com todas as janelas de vidro e reutilizam a água do ar condicionado das salas para lavar as áreas externas.

O prédio é totalmente acessível, porém incentiva o uso das escadas para economizar energia dos elevadores e melhorar a saúde de todos que passam por ali.

O Senac é focado na educação socioambiental e possuem um papel fundamental no desenvolvimento do aluno tanto na parte profissional quanto na formação de um cidadão consciente.

Imagem: Mayara Nascimento