Sem solenidade, diplomação dos eleitos será por sistema informatizado

Cerimônia aguardada com expectativa a cada quatro anos, a diplomação de prefeito, vice-prefeito e parlamentares guarulhenses eleitos e reeleitos desta vez está cancelada, tanto para o pleito majoritário quanto para o proporcional. A solenidade estava marcada para a noite desta sexta-feira (18), na Câmara de Guarulhos. Para a expedição de diplomas será utilizado como instrumento obrigatório e oficial o Sistema de Diplomação de Eleitos e Suplentes (Diplomas), desenvolvido pela Secretaria de Estado de Tecnologia.

De acordo com a portaria 008/2020, assinada por Maria de Fátima Guimarães Pimentel de Lima, juíza eleitoral da 176ª Zona Eleitoral de Guarulhos e presidente da Junta Eleitoral do Município, a medida se justifica pelo estado de calamidade decorrente da pandemia da Covid-19 e as ações impostas pelas autoridades públicas para frear a propagação da doença, especialmente aquelas que tentam evitar aglomerações ou reuniões desnecessárias de quantidade variável de pessoas. A magistrada lembra ainda em sua Portaria que este sistema também “desburocratiza o serviço público, reduz a utilização de papel, pela expedição de diplomas pela internet, e permite maior transparência da Justiça Eleitoral”.

Acesso aos diplomas

Os dados do Diplomas estarão acessíveis para consulta no dia 18 de dezembro, a partir das 14 horas, possibilitando a qualquer interessado a impressão e validação dos diplomas de candidatos eleitos, inclusive suplentes. No momento da posse dos diplomados, caberá ao órgão destinatário do diploma validá-lo no site do Tribunal Regional Eleitoral, informando o código verificador constante do diploma apresentado.
Vale lembrar que, após a diplomação, se houver alteração dos eleitos ou suplentes, o juiz eleitoral cancelará os diplomas concedidos e modificados pela nova situação, expedindo novos diplomas para aqueles cuja situação tenha sido modificada.

O prefeito, vice-prefeito e vereadores eleitos em Guarulhos para o quadriênio 2021-2024, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral-TSE, são:

· Prefeito: Guti (PSD), 261.211 votos

· Vice-prefeito: Professor Jesus (Republicanos)

· Vereadores:

· Luis da Sede (PSD), 8.300 votos
· Ticiano Americano (Cidadania), 8.270 votos
· Carlinda Tinoco (Republicanos), 8.074 votos
· Thiago Surfista (PSD), 7.855 votos
· Romildo Santos (PSD), 7.345 votos
· Karina Soltur (PSD), 6.525 votos
· Janete Pietá (PT), 6.461 votos
· Lauri Rocha (PSD), 6.098 votos
· Pastor Anistaldo (PSC), 5.945 votos
· Geleia Protetor (PSDB), 5.834 votos
· Professor Rômulo Ornelas (PT), 5.794 votos
· Weslley Casa Forte (PSB), 5.479 votos
· Marcelo Seminaldo (PT), 5.430 votos
· Sergio Magnum da Farmácia (Patriota), 5.267 votos
· Mauricio Brinquinho (PT), 5.249 votos
· Carol Ribeiro (PSDB), 5.189 votos
· Lamé (MDB), 4.853 votos
· Lucas Sanches (PP), 4.851
· Gilvan Passos (PSD), 4.539 votos
· Vanessa de Jesus (Republicanos), 4.472 votos
· Fernanda Curti (PT), 4.405 votos
· Danilo Gomes (DC), 4.365 votos
· André Alves (Cidadania), 4.297 votos
· Sandra Gileno (Patriota), 4.190 votos
· Leandro Dourado (PTC), 4.142 votos
· Martello (PDT), 3.878 votos
· Geraldo Celestino (PSC), 3.706 votos
· Dr. Laércio Sandes (DEM), 3.569 votos
· João Dárcio Ribamar Sacchi (Podemos), 3.229 votos
· Rafael Acosta (DC), 3.223 votos
· Paulo Roberto (PTB), 3.189 votos
· Edmilson Souza (PSol), 2.259 votos
· Jorginho Mota (PTC), 2.073 votos
· Welliton Bezerra (PTC), 2.021 votos


Esta é a última lista de vereadores eleitos divulgada pelo Tribunal Superior Eleitoral, que poderá sofrer alterações em função de recursos que ainda estão em análise.