Seja como um vaso restaurado!

Uma antiga tradição japonesa diz que quando um vaso quebra, não deve-se jogar fora e sim remendá-lo e restabelecer a sua posição. Essa remenda é feita com pó de ouro, porque sempre que for visto, pode reparar que ele tem uma história e perceber a importância daquela peça. Fazendo-a única e diferente de todas as outras.

Essa lição pode ser aplicada em nós. Isso mesmo, em nós. Inúmeras vezes nos sentimos derrotados e até mesmo quebrados. Sentimos que as mais recentes quedas, são as mais brutais e que não conseguiremos levantar e vamos permanecer quebrados. E quando levantamos, mudamos toda a rota da nossa vida para não parecer que fomos derrotados e tentamos nos transformar em outra pessoa. Fingir para o mundo.

Na vida sempre teremos derrotas e nossas cicatrizes são apenas meios de lembrarmos das lições e aprendizados que tivemos nesse difícil período. Todas as lembranças e marcas são apenas exercícios de memória para entendermos o melhor caminho que devemos percorrer. Então não precisamos nos envergonhar dos nossos erros.

Precisamos sim, valorizar a nossa história e entender que os nossos caminhos foram feitos para aprender e quem sabe compartilhar experiências com outras pessoas.

Então veja suas quedas e derrotas com bons olhos e entenda que esse período foi apenas para te fazer mais forte e sábio. Ensinar novos caminhos e que as próximas decisões serão melhores e façam ter melhores frutos.

Se você está passando por uma fase difícil ou conheça alguém que esteja passando por essa fase. Lembre-se dessa filosofia japonesa e faça o melhor para se restaurar e recomeçar com mais força e magnitude. Aprenda com o que você esteja passando e saiba que isso será apenas experiência para as batalhas que estão por vir.

Fico imaginando quantas pessoas que acreditam que não tem mais um futuro, que não tem mais chances na vida, que até mesmo que a vida é ingrata. Quantas pessoas que, nesse exato momento esteja desacreditada, acreditando não ter boas chances por estar em pedaços e sem forças para recomeçar.

Lembre-se da tradição japonesa sempre que estiver nessa situação. Entenda que os vasos mais importante e mais caros são aqueles que foram restaurados com pó de ouro. Porque ele sim tem o seu valor diferenciado e sua história de superação e renovação.

Quem sabe a próxima história seja a sua, em que poderá incentivar e erguer muitas pessoas que estarão passando pelas mesmas coisas que você está passando agora. Seja resiliente sempre.

Pense nisso.

Boa sorte!

Vitinho Portugal

Empresário, Palestrante, Consultor, Máster Practitioner em Programação Neuro Lingüística, Especialista em Hipnose