Secretaria nega informações que metrô deve chegar em 2028 em Guarulhos

Lucy Tamborino

A Secretaria de Transportes Metropolitanos (STM) afirmou que desconhece o relatório divulgado sobre investimentos da pasta na qual a Linha Linha-2 Verde chegaria em Guarulhos no ano de 2028.

Segundo informações veiculadas ontem, a obra teria um custo total de mais de R$ 5 bilhões, o segundo trecho, entre Penha e a Guarulhos (estação Dutra) deveria operar a partir de 2028, pela estimativa de uma apresentação da STM realizada em março. Ao todo é previsto 5,9 quilômetros e cinco estações. É esperada uma demanda pelo novo trecho de 437 mil passageiros por dia. Na semana passada, em um relatório integrado com a previsão orçamentária para este ano, o Metrô reservava para a continuação da Linha-2 Verde R$ 121 milhões para este projeto.

A pasta também negou a expansão da Linha 13-Jade da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) a região de Bonsucesso até 2024, conforme informações veiculadas ontem. Segundo a STM, os projetos e obras da secretaria estão em fases de reconhecimento pela nova gestão para a definição de prioridades.

Segundo informações do site Diário do Transporte, o ramal seria estendido em etapas com custos em torno de R$ 1,6 bilhão, 9,5 quilômetros e quatro estações, com a previsão de atender a uma demanda de 233 mil passageiros.

A primeira entrega deve acontecer em 2022 com o início do funcionamento da Estação Aeroporto Terminal 2. Em sequência, pelo mapa da linha, a São João, depois a Presidente Dutra e por último o terminal em Bonsucesso.

Imagem: Cris Castello Branco