Samu Guarulhos é homenageado pela Polícia Militar por salvar a vida de agentes

No dia 12 de junho passado, uma perseguição policial que teve início na zona norte de São Paulo culminou com um acidente gravíssimo na esquina das avenidas Rotary e Senador Adolf Schindling, na região do Itapegica, em Guarulhos. Quatro ambulâncias do Samu 192 Guarulhos, além do Grupo de Motociclistas de Atendimento de Urgência (GMAU), foram deslocados para o atendimento das vítimas, que apresentavam múltiplas fraturas. A presteza dos socorristas envolvidos na operação rendeu-lhes uma homenagem da Polícia Militar nesta quarta-feira (28).

O convite para a solenidade de homenagem aos profissionais do Samu partiu do comando do 15º Batalhão da Polícia Militar, na Vila Tijuco, que fez questão de agradecer pessoalmente o empenho dos socorristas. Além de um café da manhã para recepcionar a equipe, os militares também entregaram um certificado de reconhecimento pelo serviço prestado. Em nome do comandante, oficiais e praças do 15º BPM/M, o documento exalta “o profissionalismo e dedicação, bem como agradece o apoio, demonstrando amor à causa pública”.

No dia do acidente, três viaturas da Polícia Militar colidiram e quatro vítimas precisaram ser socorridas, sendo uma delas em estado gravíssimo com trauma de face, crânio, tórax, além de fraturas. O atendimento do Samu foi rápido e um policial precisou ser intubado pela equipe de socorristas no próprio local. Logo em seguida, ele teve de ser removido pelo helicóptero Águia para o Hospital das Clínicas.

Já as demais vítimas foram socorridas para os hospitais da região. O coordenador médico do Samu Guarulhos, Helder Takeo Kogawa, que também participou da solenidade, juntamente com a coordenadora-geral do Samu, Andressa Lima José, disse que esse reconhecimento enaltece o time do Samu. “É um grande impulso e motivação para as equipes no nosso propósito maior de salvar vidas”, disse.