Sabesp, uma companhia de respeito que atende 27,9 milhões de pessoas

Da Redação

Fundada em 1973, a Sabesp é a quarta maior empresa de saneamento do mundo em população atendida. São 27,9 milhões de pessoas abastecidas com água e 21,6 milhões de pessoas com coleta de esgoto em 369 municípios do Estado de São Paulo.

Para abastecer toda essa população, a companhia dispõe de 240 estações de tratamento de água que, juntas, possibilitam a produção de 119 mil litros de água por segundo. O atendimento utiliza 73,4 mil quilômetros de redes de água e adutora se 8,9 milhões de ligações de água. Já para tratar o esgoto coletado, a Sabesp conta com 557 estações de tratamento de esgoto espalhas pelos municípios operados.

A Sabesp é responsável por aproximadamente 27% de todo o investimento em saneamento básico feito no Brasil, embora atenda somente cerca de 13% da população do país. Para o período 2018-2022, a empresa planeja investir aproximadamente R$17,3 bilhões, com foco na ampliação da disponibilidade e segurança hídrica, sempre juízo dos avanços conquistados nos índices de coleta e tratamento de esgotos.

Sob controle do governo do estado de São Paulo, a Sabesp é uma sociedade anônima de economia mista, atuando também no segmento de água de reúso obtida a partir do tratamento de esgoto. As ações da companhia são negociadas no segmento Novo Mercado Brasil da B3 (antiga Bovespa) e na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE).

Além da excelência na prestação de serviços à população, a companhia também se desta capela Governança Corporativa, conquistando uma sucessão de prêmios, como o Troféu Transparência da Anefac, o Prêmio Valor 1000 – organizado pelo jornal Valor Econômico –, o Prêmio Smart Customer 2018 (categoria Responsabilidade Social) e o Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços aos Clientes,entre outros.

Referência em inovação tecnológica e respeito ao Meio Ambiente

A Sabesp também é referência em inovação tecnológica e na busca de soluções sustentáveis do ponto de vista ambiental. A companhia movimenta sua frota de veículos na cidade de Franca, por exemplo, utilizando o gás biometano produzido a partir do lodo gerado no tratamento de esgoto.

A Estação de Tratamento de Esgotos de Franca trata em média 500 litros por segundo e produz em torno de 2.500 m³ de biogás por dia, suficiente para substituir 1.500 litros de gasolina comum diariamente e reduzir em até 90% as emissões de poluentes em comparação com a gasolina. Seu uso ainda previne o lançamento de metano e CO2 na atmosfera, responsáveis pelo aquecimento global.

As estações de tratamento de água (ETAs) da Sabesp funcionam como verdadeiras fábricas para produzir água potável. Das 240 estações: 28 abastecem a Região Metropolitana de São Paulo e as outras 212 fornecem água aos municípios do interior e litoral do Estado.

O processo convencional de tratamento de água é dividido em fases. Em cada uma delas existe um rígido controle de dosagem de produtos químicos e acompanhamento dos padrões de qualidade.

Imagem: Maurício Rummens/Divulgação