Saberes em Casa constrói vínculos entre professores e alunos no processo de alfabetização

O Programa Saberes em Casa, por meio do quadro Além das Letras, propõe atividades planejadas a fim de favorecer o processo de alfabetização dos educandos de Guarulhos. As propostas primam pela construção do conhecimento, pelo desenvolvimento da criatividade, do pensar, fazer e agir e são complementares às práticas pedagógicas promovidas pelos educadores da rede municipal de ensino. Visam ainda, a proporcionar a aprendizagem por meio de histórias, parlendas, ilustrações, jogos, trava-línguas e brincadeiras, entre outras atividades.

Neste ano de 2021 o bloco Além das Letras é apresentado pela professora Talita Brito, que no primeiro semestre contou ainda com a apresentação da também professora Raquel Pereira. “Tudo é pensado com base nos eixos da Proposta Curricular – Quadro de Saberes Necessários 2019 do Ensino Fundamental, o que proporciona momentos de aprendizagem na concepção do letramento e do protagonismo dos educandos. Uma das principais preocupações é incentivar a pesquisa, a investigação, sempre permeado pelo lúdico e pelos gêneros textuais e orais”, explica Talita.

A equipe do Programa Saberes em Casa planeja e envia roteiros de estudos aos educadores da rede municipal, que orientam as famílias para que incentivem as crianças na participação e realização das atividades. “O programa proporciona ao educando conhecimentos para que ele tenha o seu direito de ler, escrever, se posicionar e se expressar”, reforça Talita.

Desenvolvimento e aprendizagem

Além disso, em cada etapa de ensino, o incentivo das famílias impacta positivamente a vida escolar das crianças. Elaine Moreira Oliveira, mãe da aluna Esther Moreira Oliveira, de sete anos, ressalta que o ensino online é desafiador, principalmente no início da alfabetização, mas acompanhar e incentivar a criança faz toda a diferença nesse processo. 

“Desde 2020 o Programa Saberes em Casa tem desenvolvido a leitura e a escrita. Contamos com todo o apoio e a dedicação dos professores, que têm estado muito próximos de nós e incentivado bastante no aprendizado. Ela (Esther) tem conseguido pegar bem as atividades, desenvolver tudo que está sendo pedido com o programa e manter a motivação, principalmente com as atividades mais práticas. Hoje a vemos lendo bem e desenvolvendo frases, o que nos enche de orgulho”, destaca Elaine Oliveira.

O Programa Saberes em Casa permite que as crianças aprendam de forma lúdica por meio de dramatizações, brincadeiras, investigações e glossários bilíngues, como o bloco específico Libras em Casa, citado por Esther. “Eu gosto do momento quando as professoras Talita e Raquel contam histórias, trava-línguas e quando tem quiz. Adoro também os episódios específicos de Libras com o professor Rafael”, conta a aluna do 2º ano, matriculada na EPG Deucélia Adegas Pera.

Para Elaine, o estudo de Libras ajuda no entendimento e na interpretação das palavras através dos sinais de cada uma delas. “Esse espaço é bem interessante para a criança, pois ela aprende uma nova língua e consegue se desenvolver, o que ajuda tanto na parte da inclusão quanto no próprio desenvolvimento estudantil”, ressalta a mãe sobre a importância dessa comunicação.

Importância dos vínculos

A professora Célia Regina da Silva, que acompanha a aluna Esther, falou sobre os avanços alcançados no processo de alfabetização e a importância dos vínculos com os educandos, mesmo que de forma remota. “Sinto-me realizada e feliz por saber que tudo aquilo que tenho planejado e realizado traz benefícios para a alfabetização dos meus alunos e alunas, que estão no ensino remoto. Para mim tem sido um grande incentivo receber o retorno do trabalho pedagógico que estamos desenvolvendo. Isso tem me motivado a continuar, pois sei que está sendo fundamental no aprendizado das crianças, mesmo que estejamos distantes fisicamente. Manter o vínculo com os alunos contribui significativamente para o avanço da alfabetização”, conta Célia, professora há nove anos na rede de ensino de Guarulhos.

A Secretaria de Educação, no que diz respeito à alfabetização e ao letramento, promove ações formativas aos educadores da rede por meio do Programa Leia (Leitura, Emancipação, Interação e Alfabetização), conferências virtuais com especialistas da área, entre outras, além dos episódios do Podcast Vozes da Rede, que valorizam as experiências e saberes dos profissionais para uma educação de qualidade no município.

Para saber mais acesse https://portaleducacao.guarulhos.sp.gov.br/siseduc/portal/site/detalhar/conteudo/5185/.