Saae faz consertos de vazamentos, mas deixa buracos abertos

Por Rômulo Magalhães

O que deveria ser uma solução para os cidadãos, se tornou um grande problema. Para realizar reparos de vazamentos, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Guarulhos abriu crateras nas ruas da cidade, e a demora tem sido de meses para tapa-los.

É o caso da rua Olga de Moraes Liotta, no Jardim Rosa de França. A autarquia fez um conserto em frente ao número 144 em outubro do ano passado, e até hoje o buraco não foi fechado. Morador do bairro, Dorival Domingos da Costa já fez diversas ligações ao número gratuito disponibilizado pelo Saae, mas não obteve nenhum retorno. “Também fui até o Fácil Vila Galvão duas vezes, abri ordem de serviço e até agora nada”, reclamou.

Outro buraco que tem incomodado a população está na avenida Prefeito Mário Antonelli, altura do número 61, no Parque Continental II. A via é feita de paralelepípedo. Não bastasse a abertura da cratera, os funcionários do Saae largaram a pedras retiradas em cima da calçada de um dos moradores da avenida.

“Esse buraco já está aí há uns quatro meses. A Prefeitura não está nem aí com os nossos problemas”, disse a dona de casa Sandra Batista. Ela ainda contou que no ano passado houve o mesmo problema, mas que a sua patroa pagou para terceiros para que as pedras fossem colocadas no lugar.

Em nota, o Saae informou que as reposições asfálticas das vias citadas na matéria serão realizadas com prioridade.

Foto: Rômulo Magalhães