Rua vencedora do concurso ‘Folha na Copa’ será conhecida neste sábado

Torcedores assistem ao jogo Brasil contra a Sérvia da Copa do Mundo 2018, no Vale do Anhangabaú, região central de São Paulo.Foto Rovena Rosa/Agência Brasil

Da Redação

A rua vencedora do concurso “Folha na Copa” será conhecida neste sábado. A vencedora será postada na página do Facebook da Folha Metropolitana, às 9h.

As finalistas, escolhidas através de votação popular na página do Facebook do jornal, foram as ruas João Rossi (Cocaia) e José Liotta (Picanço).

Na primeira, o destaque da via ficou por conta de uma bandeira brasileira feita exclusivamente com fitinhas plásticas presas no alto. “Eu e meu marido começamos a agitar os moradores da rua. Iniciamos pintando uma bandeira e de pouco em pouco expandimos os trabalhos com auxílio dos moradores que foram colaborando. Quando vimos o concurso da Folha, decidimos colocar as bandeiras do Brasil no alto, justamente para ganhar essa promoção. Todos ajudaram de alguma forma e não paramos por aqui, continuamos decorando a rua”, diz Luciana Aparecida, 35.

Já na outra, o verde e amarelo predominou, com muitos desenhos que remetem a seleção canarinho e fitinhas. “Todo ano de Copa nós nos juntamos por prazer, até por morarmos aqui por muito tempo, recebemos bastantes doações, as pessoas comentaram a empolgação sobre a nossa participação no concurso”, informa Miguel Máximo de Souza, 19.

A iniciativa premiará a via mais bonita e enfeitada para o Mundial com uma revitalização completa da rua, feita em parceria com a Prefeitura de Guarulhos. Além disso, a rua campeã poderá assistir a final da Copa do Mundo, no domingo (15), em um telão com carro de som tudo isso acompanhado de 20kg de carne para festejar com um churrasco. A premiação contempla, ainda, uma placa de rua mais bonita da cidade.

O objetivo do concurso é promover um evento democrático com total participação dos moradores, incentivando a prática da comunhão entre vizinhos, a decoração local, uma disputa saudável entre as ruas participantes além de contribuir para a difusão cultural e desenvolvimento da cidade. Propondo, ainda, uma integração com toda sociedade, assim tornando um atrativo turístico para a época.

Imagem: Divulgação