Rua no Jardim Flor do Campo acumula entulhos de descarte irregular mesmo com um PEV na região

Mayara Nascimento

Há descarte irregular de entulho e muito lixo em um terreno na avenida Guilherme Lino dos Santos, no bairro Jardim Flor do Campo. O que vem revoltando os moradores do local, é que na mesma via há um Ponto de Entrega Voluntária (PEV) da prefeitura disponibilizado para receber esse tipo de material.

Além de todo o lixo, algumas pessoas recolhem as latinhas e os materiais recicláveis para venderem a um ponto próximo ao local. Para extrair o material, eles queimam os objetos na própria área.

“Com o mau cheiro e a fumaça nesse tempo seco as crianças ficam doentes e não se pode nem lavar roupa por causa da fumaça”, conta morador da região que prefere não se identificar.

A Secretaria de Serviços Públicos informou que realizará vistoria no local. Resíduos como entulho, madeira e móveis velhos devem ser entregues em um dos 19 PEVs existentes na cidade. Neste caso, o PEV mais próximo está na rua Guilherme Lino dos Santos, 349. O local funciona de segunda-feira a sexta-feira, das 8h15 às 16h e aos sábados das 8h15 às 15h30.

No bairro, a coleta domiciliar ocorre às terças-feiras, quintas-feiras e sábados no período noturno. Os moradores devem colocar os sacos de lixo domiciliar em frente aos seus respectivos imóveis respeitando os dias e horários de coleta. Os caminhões que fazem a coleta domiciliar recolhem somente o lixo doméstico ensacado.

Imagem: Divulgação