Rogério Chequer defende parcerias com iniciativa privada para transformar o estado

Folha Metropolitana Guarulhos Governador São Paulo

Pedro Lacerda

Candidato ao governo do Estado de São Paulo pelo Partido Novo, Rogério Chequer, 50, defende questões fundamentais para transformação social na região, tais como parcerias com iniciativas, público privada (PPP), sociedade civil organizada, política nova com menor influência do governo em questões particulares do cidadão, como aborto e casamento gay, respeitando a individualidade de cada um.

“Para tornarmos São Paulo como uma força de um país, que tem, precisamos retirar a politicagem do nosso caminho, dos serviços públicos, da saúde, da educação, nós precisamos mudar a administração antiga por algo novo, que traga a transformação e melhoria necessária para servirmos de exemplo”, afirma o candidato.

Chequer ressalta a importância da tecnologia dentro da saúde, segundo ele, o nível de modernização dos hospitais é obsoleto e requer aprimoramentos. “Sabemos que temos Organizações Sociais de Saúde (OSS) que são boas e ruins, cabe ao governo filtrar o que de bom é feito e utilizar como parâmetro para as outras. O paulistano merece chegar ao médico e já ter o seu prontuário em mãos, através de protocolos eficientes que lhe disponham isso”, diz.

Questionado sobre a educação de qualidade no estado, Chequer enfatiza a necessidade de medidas que ofereçam uma carreira alternativa e com maior capacidade de maior remuneração aos professores, além da criação de um centro de excelências aos diretores de escola. “Criar mais instituições com período integral, mudar e otimizar o conteúdo de ensino que é praticado nas salas de aula, voltado às necessidades dos alunos”, indaga.

Sobre o candidato

Rogério Chequer, 50, nasceu e cresceu em São Paulo. Formou-se em Engenharia de Produção pela Escola Politécnica da USP e começou sua carreira como trainee do Deutsche Bank. Em 1994 ele assumiu a administração dos fundos de investimento do banco.

Ele morou por 15 anos nos Estados Unidos, onde fundou e administrou fundos de investimento que atuavam em mercados emergentes. Em 2010, Rogério deixou o mercado financeiro e abriu o braço americano da State of the Art Presentations (SOAP), empresa especializada em apresentações profissionais de empresas e executivos. Foi responsável pela filial da companhia até voltar para o Brasil em 2012.

Em 2014 criou com amigos o movimento Vem Pra Rua. Hoje, desenvolve e ministra treinamentos empresariais. Chequer aventura-se pela primeira vez no mundo político e justifica sua presença como a governador do estado por sentir-se no dever de mudar a situação do Brasil através de seu cargo, deixando neste momento, seu posto profissional em suas áreas de especialização.

Imagem: Pedro Lacerda