Roda de conversa promovida pela Prefeitura discute os direitos da pessoa idosa


Cerca de 20 pessoas, a maioria idosos, se reuniram na manhã desta quarta-feira (29) para discutir os direitos dessa população em uma roda de conversa realizada no CEU Bonsucesso e organizada pelo Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Ponte Alta.

As palestrantes Rosangela Amorim, assistente social, e Tatiana Leal Pereira, psicóloga, que trabalham em centros de atendimento à pessoa idosa na cidade, foram as responsáveis pela explanação e começaram o evento com uma dinâmica de atividade física adaptada para os idosos, que podia ser feita confortavelmente sentada, para convidar o pessoal da melhor idade a entender a importância de se movimentar.

Durante a discussão foi abordada a legislação que norteia os direitos da pessoa idosa, como a Política Nacional do Idoso, o Estatuto do Idoso e a Política Nacional de Saúde da Pessoa Idosa, que são leis que se complementam e ditam quais os direitos desse público e os deveres da sociedade na sua proteção. As palestrantes abordaram situações cotidianas que levaram à reflexão sobre os tipos de violência que esse público sofre diariamente, das mais graves, como agressões físicas e abandono, às mais sutis, como ser desrespeitado por motoristas ou na fila preferencial em estabelecimentos comerciais.

“Essas situações podem acontecer até mesmo no núcleo familiar. Precisamos saber identificar os tipos de violência. Quem é idoso ou tem um familiar ou conhecido que é precisa prestar atenção nessas sutilezas para poder ajudar”, alertou Tatiana Leal.

- PUBLICIDADE -