Rio registra aumento de 40% no número de tiroteios

Da Redação

Nos últimos meses, o Rio de Janeiro registrou aumento de 40% no número de tiroteios, passando de 3.477 para 4.850 e, no mesmo período, houve uma migração de determinados tipos de crime, como o roubo de cargas, para o interior do estado. A conclusão está no estudo denominado Vozes sobre a Intervenção, com 40 páginas, divulgado ontem.

O relatório foi elaborado pelo Observatório da Intervenção, uma iniciativa do Centro de Estudos de Segurança e Cidadania (Cesec) da Universidade Cândido Mendes, que observou os últimos 12 meses, considerando também a implementação da intervenção federal na segurança do Rio, em 16 de fevereiro deste ano.

A atuação das forças policiais no combate ao roubo de cargas fez com que este tipo de crime migrasse da região metropolitana para o interior do estado – sobretudo nas regiões de Tanguá, Rio Bonito e Itaboraí, houve crescimento em comparação aos registros do ano passado. A média de roubos de fevereiro a junho, no período de 2003 a 2017, foi de 33,5 registros policiais. O número saltou para 200 desde a intervenção.

Imagem: Vladimir Platonow/Agência Brasil