Região do Alto Tietê tem recorde de 28 óbitos de coronavírus em um único dia

Da Redação

A região do Alto Tietê contabiliza, nos primeiros dias de maio, um aumento de 59,8% no número de mortos por coronavírus. O recorde foi registrado nesta sexta-feira (08), com 28 óbitos ocorridos em Arujá, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes e Suzano. Desde março, a doença já provocou a morte de mais de 250 pessoas nas cidades do Condemat – Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê. 

Em 30 de abril a região tinha 157 óbitos confirmados por coronavírus. Hoje, esse número saltou para 251, o que corresponde a um aumento de 94 mortes – o que representa quase 12 casos por dia neste começo de maio.

A maior incidência é em Guarulhos, que tem 123 óbitos – só hoje foram 21 registros. Depois está Itaquaquecetuba, com 30 mortes, sendo três delas nesta sexta-feira. Mogi das Cruzes soma 27 falecimentos, com dois casos neste dia 8. Suzano contabiliza 24 vítimas fatais, 1 delas de hoje. Biritiba Mirim é a única cidade do Condemat que não tem óbitos.

O número de casos confirmados de Covid-19 na área do Condemat chegou a 2.194 hoje, o que corresponde a um aumento de 48,54% em relação ao último dia de abril, quando os registros eram de 1.477 casos. Com isso, a taxa de letalidade na Região alcança 11,4%.

As estatísticas revelam que pelo menos 1.981 pessoas com suspeita da doença aguardam resultados de exames.