Procon Guarulhos realizou quase 100 mil atendimentos no ano passado

Da Redação

O Procon Guarulhos realizou no ano passado um total de 99.669 atendimentos, sendo que 70.583 atendimentos se referem a orientações diversas. Um total de 12.447 atendimentos foram prestados pelo Disque Denúncia 151 e outras 11.150 dizem respeito a aberturas de processos (Carta de Informação Preliminar). Também foram realizadas 5.489 audiências conciliatórias; além de operações em toda a cidade sobre educação de consumo, palestras e ações de fiscalização nos estabelecimentos comerciais.

Em comemoração ao Dia Internacional do Consumidor, a prefeitura lança o novo site do Procon Guarulhos (procon.guarulhos.sp.gov.br), com uma nova plataforma online –  o Procon Digital. Dessa forma, os consumidores ganham mais uma ferramenta para formalizar reclamações. O Procon Digital vai tornar o atendimento ao consumidor muito mais rápido, sem que ele precise se deslocar até uma unidade. Com a nova ferramenta, a população terá maior economia de tempo e sem custos com cópias e correios, o que também agilizará o trâmite do processo administrativo.

No novo site as pessoas vão encontrar informações de prestação de serviço público, matérias e dicas do direito do consumidor, ranking das empresas com mais reclamações, notícias e ações do órgão no município; além de poder fazer o cadastro da Nota Fiscal Paulista e bloqueio de telemarketing. O site já conta com mais de 340 empresas cadastradas, entre bancos, seguradoras, companhias aéreas, operadoras de telefonias, entre outras.

“A partir de agora, os consumidores têm mais uma ferramenta para fazer valer seus direitos. Com o Procon Digital, eles economizam tempo na abertura de reclamações e ganham rapidez do procedimento administrativo, sendo que o recebimento da resposta é de até 10 dias. O serviço é totalmente gratuito e os consumidores podem fazer sua reclamação pela internet ou se preferirem podem continuar utilizando as unidades de atendimento”, ressaltou a coordenadora de Proteção e Defesa do Consumidor, Vera Gomes.

Imagem: Fábio Nunes Teixeira/PMG