Procon divulga ranking de cursos profissionalizantes mais reclamados em Guarulhos

A falsa promessa de emprego está entre as principais reclamações recebidas pela Coordenadoria de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Guarulhos. O órgão divulgou ontem as seis empresas de cursos profissionalizantes que tiveram o maior número de reclamações no ano de 2017.

No total, foram registradas 255 reclamações. De acordo com a pesquisa realizada, a CRP Treinamentos ocupa a primeira posição, com 66 reclamações não atendidas e 37  atendidas pela empresa. Em seguida vem a Start Pro, com 35 queixas atendidas e 6 não atendidas. Na terceira colocação está a Server Educação, que possui 31 reclamações atendidas e 4 não. Em quarto lugar, a MicroPro, com 19 solicitações atendidas e 8 não atendidas. Em quinto, a Evolutime, com 25 queixas atendidas e 2 não atendidas. Por último vem a Microcamp, com 8 reclamações atendidas e 14 não atendidas.

A coordenadoria informa que, das reclamações abertas contra as empresas destacadas, grande parte está relacionada à suposta vaga de emprego. O modo de agir consiste em atrair o cidadão para vaga, por meio de site de empregos; por funcionários abordando consumidores nas ruas; cartazes afixados na sede das empresas ou contato telefônico.

Foto: Divulgação/PMG