Processo de demolição na comunidade Fiat é iniciado

Por Pedro Lacerda

Há 40 anos localizada na Ponte Grande, a comunidade Fiat cuja habitação era de 150 famílias, foi completamente desabitada semana passada, quando cerca de 700 moradores foram transferidos para um Conjunto Habitacional no bairro dos Pimentas desde 14 de maio. Já sua demolição teve início ontem (28), quando a Proguaru (Progresso e Desenvolvimento de Guarulhos S/A), em parceria com a Prefeitura de Guarulhos, começou os trabalhos.

Segundo o secretário de Habitação, Fernando Evans, o trabalho da pasta não termina ao fim da realocação das famílias. “Com a transferência, uma parte importante de nosso trabalho é concluída. No entanto, começamos com o trabalho técnico social, que consideramos fundamental porque trata de integrar estas famílias em um ambiente completamente novo e diferente do que eles viveram aqui”, disse Evans. O local, que servirá para futuros equipamentos educacionais, foi desapropriado em 2010 pelo Poder Executivo, que indenizou o proprietário em R$ 8 milhões.

Foto: Divulgação