Prefeitura reforça ações preventivas de combate à violência nas escolas da Rede Municipal

Da Redação

Com o objetivo de garantir a segurança dos alunos das escolas da Rede Municipal, a Prefeitura de Guarulhos, por meio da Secretaria de Educação, reforça diversas ações preventivas de combate à violência, para proteção dos estudantes e profissionais das unidades escolares, fortalecendo os vínculos entre escola, comunidade e as polícias civil e militar.

Dentre as ações que serão implementadas nas Escolas da Prefeitura de Guarulhos estão a capacitação para os controladores de acesso (CAs) das escolas, com orientação de maior atenção e responsabilidade no controle de entrada das unidades, onde apenas pais e responsáveis, pessoas autorizadas e identificadas terão acesso.

Além disso, todas as escolas receberão documento com as devidas orientações sobre autorização da entrada de pessoas externas, contratação de vigilância e, para o segundo semestre, monitoramento por câmeras nas unidades para intensificar a segurança nesses locais.

A Secretaria de Educação também atua em parceria com a Secretaria para Assuntos de Segurança Pública que oferece o evento “Segurança e Educação, Juntas na Prevenção”. A iniciativa envolve alunos, familiares, comunidade, educadores e autoridades, e objetiva promover a integração e interação dos mecanismos de segurança com a população no âmbito escolar.

As escolas também são contempladas com o Projeto Guard – Grupo Unido na Ação de Resistência às Drogas, da Guarda Civil Municipal (GCM). A equipe que oferece os cursos de prevenção ao uso de drogas conta com oficiais especializados e tem como objetivo reduzir a violência escolar, familiar, e social, orientando os munícipes sobre a prevenção do uso de drogas.

O Projeto FutbolNet, da Fundación FutbolClub Barcelona, parceria entre a Fundación Mapfre e a Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE), também atenderá os alunos da Rede Municipal, oferecendo atividades socioesportivas em comunidades com altos índices de vulnerabilidade e violência urbana. O projeto utiliza a atividade física e o esporte (futebol) como agentes de transformação para crianças e jovens, incentivando a socialização e a educação afetiva, com situações inclusivas, sem violência e discriminação.

Imagem: Mauricio Burim