Prefeitura já repassou quase R$ 150 milhões ao Instituto Gerir

Pedro Lacerda

A prefeitura já repassou ao Instituto Gerir um total de R$ 147 milhões para a gestão dos hospitais Municipal de Urgências (HMU), Municipal da Criança e do Adolescente (HMCA) e da Policlínica Paraventi. O montante diz respeito aos 15 meses em que o Gerir administra essas unidades.

Em média, segundo a Secretaria da Fazenda, os repasses realizados mensalmente chegam a R$ 9,8 milhões, sendo R$ 5,1 milhões (53%) para o HMU, R$ 3,6 milhões (37%) para o HMCA e R$ 1 milhão (10%) para o PA Paraventi.

Ainda assim, o Gerir alega problemas financeiros para garantir o pleno funcionamento das unidades. Na última segunda-feira (13), funcionários dos dois hospitais entraram em greve por conta do atraso no pagamento dos salários que deveria ser feito pelo instituto.

Além do corpo clínico do hospital, a empresa terceirizada responsável pela limpeza dos locais também deixou de realizar os serviços após a falta de pagamento. Com isso, quatro pacientes que estão internados no HMU foram diagnosticados com uma superbactéria chamada KPC.

Questionado o Instituto Gerir não quis se pronunciar sobre o assunto.

 

Saúde realiza auditoria

A diferença de valores reclamada pelo Gerir está sendo analisada por meio de auditoria da Secretaria Municipal de Saúde. O procedimento é fundamental, uma vez que se trata do investimento de dinheiro público.

Isso porque o Gerir alega que o valor pactuado no contrato já não é mais suficiente para manter as operações, uma vez que houve um aumento significativo nos atendimentos, não previstos pelo próprio instituto.

Segundo a pasta, nesta terça-feira (14), a prefeitura fez o repasse de R$ 700 mil para a organização social, a fim de ser efetuado o pagamento imediato dos salários dos funcionários de limpeza, de responsabilidade da Gerir. O montante se soma a outros dois repasses já efetuados pela administração municipal neste mês de agosto: um de R$ 2,5 milhões, no dia 6, e outro de R$ 1,3 milhão na última sexta-feira (10), referentes aos serviços a serem realizados neste mês de agosto.

Imagem: Pedro Lacerda