Prefeitura efetiva concessão do Saae à Sabesp

Assunto:Assinatura Parque Tecnológico e SAAE Local:Salão Nobre Data:09.10.2018 Foto:Sidfnei Barros/PMG

Da Redação

O prefeito de Guarulhos, Guti, sancionou ontem, com a presença do governador Márcio França, a lei 3279/2018, que trata da concessão do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Guarulhos à Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) por 40 anos.

A iniciativa prevê o fim do rodízio de água na cidade e o tratamento de esgoto, seguindo os TAC (Termos de Ajuste de Conduta) firmados entre o município e o Ministério Público Estadual. A concessão garante ainda investimentos da companhia estatal em obras de infraestrutura e o fim da dívida de mais de R$ 3 bilhões que a autarquia guarulhense tem com a Sabesp.

De acordo com o prefeito, a iniciativa se fez necessária também do ponto de vista legal, uma vez que existem, ao menos, seis títulos tramitando na Justiça, que podem ser executados pela Sabesp diante da dívida milionária, adquirida ao longo dos últimos anos. “Essa iniciativa garante a salvação de uma grande empresa, de centenas de empregos, além de saúde e qualidade de vida para a população”, explicou o prefeito.

O governador Márcio França afirmou que nos próximos 100 dias bairros das regiões Pimentas e Centro já estarão livres do rodízio de água. Segundo ele, em seis meses, regiões como Cabuçu, Parque Continental, Picanço e Invernada também terão água nas torneiras diariamente. “O planejamento é para que até o fim do ano que vem todos os bairros de Guarulhos sejam abastecidos diariamente. E, em paralelo, vamos tratar o esgoto da cidade”, detalhou França, lembrando que a Sabesp é a terceira maior empresa do mundo em saneamento básico. “Portanto, uma companhia extremamente capacitada e que vai usar toda sua experiência nesse projeto”, disse.

Segundo o governador, a partir do acordo com a Sabesp, a cidade terá condições de resolver o impasse com relação aos precatórios. “Atualmente, o Saae gasta R$ 18,5 milhões por mês a título de precatórios. Com a economia gerada nessa parceria, é possível que nos próximos meses a cidade resolva essa questão e ainda tenha condições de investir em tecnologia da gestão pública”, esclareceu França.

 

Parque Tecnológico tem credenciamento provisório

Durante a cerimônia, Guti e Márcio França assinaram o credenciamento provisório do Parque Tecnológico, com validade por quatro anos, que possibilita a inclusão da cidade no Sistema Paulista de Parques Tecnológicos – SPTec do Governo do Estado. O credenciamento provisório é condição necessária para que a entidade gestora do parque possa ter acesso a apoio institucional ou financeiro da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação Estadual, mediante a apresentação de propostas específicas relativas a estudos de possíveis empreendimentos.

“O polo tecnológico será instalado em Cumbica e permitirá o ingresso de empresas com vantagens tributárias, especialmente àquelas voltadas para a área logística, que é a vocação da cidade, considerando até o Aeroporto Internacional. Esse será um dos primeiros Parques instalados na Grande São Paulo”, afirmou o governador.

Para França, a cidade terá uma grande oportunidade de crescer no âmbito da tecnologia. “O Estado de São Paulo investe mais que a Rússia e a Espanha em tecnologia. Cerca de 14% do que é consumido aqui é revertido para pesquisa, o que nos coloca em posição de destaque. O mesmo acontecerá com Guarulhos, que é um grande polo de desenvolvimento”, finalizou o governador.

Imagem: Sidnei Barros