Prefeitura aciona Polícia Civil para investigar possível sabotagem em vídeo de ratos na Secretaria de Educação

O prefeito Guti afirmou, durante live nas redes sociais, que acionará a Polícia Civil para investigar uma possível sabotagem na Secretaria de Educação. Segundo ele, começou a circular em grupo de WhatsApp um vídeo onde ratos estariam nas dependências da sede da pasta e também em um galpão onde estavam cestas básicas que são distribuídas para as crianças.

“Existe uma forte tendência de ser sabotagem. Não sei se política ou de alguém que quer o mal das pessoas. Para confirmar, já pedimos a Educação que instaure uma sindicância e estaremos em contato com a Polícia Civil para investigar o caso. Já temos a informação da pessoa que possa ter entrado nesses locais e vamos, inclusive, ver as imagens das câmeras de segurança para ter certeza do que aconteceu”, disse o prefeito.

No vídeo, de acordo com o prefeito, um rato aparece na sede da secretaria próximo a um pacote de açúcar, numa área onde o consumo é próprio da pasta. O outro animal aparece próximo as cestas básicas que só estão lá porque voltaram das escolas, após alguns pais não retirarem as mesmas. “As cestas vão direto para as escolas e não passam por nenhum centro de distribuição. Estão todas embaladas em um espaço completamente higienizado com frequência”, explicou a subsecretária de Educação, Fábia Aparecida Costa que, inclusive, apresentou dois documentos que atestam a desratização ocorrida em ambos os locais nos dias 03 e 27 deste mês.

“É lamentável que possam existir pessoas que queiram fazer em ano eleitoral essa política baixa colocando em risco até a saúde das pessoas. Se tiver um culpado ele será punido e se realmente for comprovada a sabotagem vai ter que se entender com a lei”, destacou Guti.