Policias militares do CPA-M7 participam de treinamento de adaptação ao uso da nova pistola

O Comandante de Policiamento de Área Metropolitana Sete (CPA-M7), Coronel PM Marco Antonio de Oliveira Faria, informou que está sendo realizado o treinamento de adaptação ao uso da nova pistola de fabricação austríaca Glock, calibre .40, que foi recebida pela Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMESP) em substituição às pistolas Taurus.

O treinamento está sendo realizado no estande de tiro da Base Aérea de São Paulo (BASP) em um estande particular em Guarulhos, no estande do 26º Batalhão de Polícia Militar/Metropolitano (26º BPM/M), em Franco da Rocha. Seguindo o formato adotado pela Polícia Militar conhecido por Tiro na Preservação da Vida – Método Giraldi®. No qual o aluno passa por diversas etapas, que vão desde o tiro simples até os mais elaborados, incluindo simulações e atuação em duplas.

As instruções iniciaram-se em julho e tem previsão de término em meados de agosto, atingindo todos os policiais militares que exercem atividades operacionais.

A aquisição das pistolas Glock faz parte do projeto de modernização do armamento da PMESP, que tem o objetivo de dar maior segurança pessoal ao policial militar e melhorar a eficiência na prestação de serviços à população. Incluindo, ainda, a compra de fuzis no calibre 7,62 mm, espingardas calibre 12 Gauge e armas de incapacitação neuromuscular.