Plantas que purificam o ar da casa ou escritório

Além de ter vocação decorativa, muitas plantas ajudam a melhorar o clima da casa. Segundo a paisagista e designer de interiores Mon Liu, algumas delas têm o poder de limpar o ar do ambiente e absorver cheiros tóxicos ou vibrações mais densas.

“Os poluentes domésticos podem causar sonolência, dores de cabeça, irritação dos olhos, garganta e pele nos casos mais leves e até câncer e enfermidades do sangue”, disse Mon Liu em entrevista à Revista do ZAP.

Um exemplo de planta que atua nesse sentido é a Azaleia. Eficiente para combater poluentes e amoníacos, ela é bem utilizada em ambientes laváveis, como banheiros.

Já o cacto pode ser útil para barrar as ondas eletromagnéticas. É indicado tê-lo próximo ao micro-ondas ou televisor.

Para dormitórios e ambientes de fumantes, a dica da arquiteta Thais Lacialamella é colocar gérbera, crisântemo ou begônia. As plantas são capazes de eliminar o benzeno no ar, absorver o dióxido de carbono e liberar mais oxigênio.

Veja outras indicações:

Bromélia – A planta ajuda na absorção da fumaça. Tem grande capacidade de armazenar água e, por isso, é importante evitar que as bromélias de jardins ou nas casas fiquem expostas à chuva.

Lírio-da-paz – Conhecido como “limpa tudo”, é responsável por absorver todos os tipos de poluentes, auxiliando na remoção de esporos de fungos e mofos (ação fungicida). É bem utilizado em ambientes úmidos.

Capim-limão / capim-santo / capim-cidreira – Da sua inflorescência extrai-se um óleo essencial utilizado em repelentes de insetos.

Gérbera / crisântemo / begônia – Capazes de eliminar o benzeno no ar, absorver o dióxido de carbono e liberar mais oxigênio.

Palmeira de bambu (palmeira areca) – Ajuda a absorver gases tóxicos e a manter uma boa umidificação de ar. É considerada uma das melhores plantas para a purificação do ar, sendo recomendada sua utilização inclusive para ambientes recém-pintados.

Fotos: Divulgação