PF em ação conjunta com a Receita apreende drogas no Aeroporto de Cumbica

A Polícia Federal, no GRU Airport – Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica, prendeu no sábado (22), três passageiros tentando embarcar para o exterior com cocaína.

Um brasileiro, de 34 anos de idade, que pretendia embarcar para Cotonou, no Benin, estava sendo monitorado pelos agentes da PF e foi preso após os servidores da Receita Federal localizarem, por meio do aparelho de raio-x, quase três quilos de cocaína ocultos em um fundo falso existente numa das malas que ele havia despachado. No mesmo voo, onde ocorreu a prisão do brasileiro, os servidores da Receita Federal detiveram um Venezuelano, de 44 anos de idade e um serra-leonense, de 40 anos. Ambos tinham como destino final a Etiópia. Como o venezuelano foi encontrada substância suspeita numa espécie de colete que ele estava vestindo, cujo peso líquido somou mais de cinco quilos. Já como o serra-leonense, que possuía visto permanente no país, pacotes contendo quase cinco quilos, do que deveriam ser bombons, foram encontrados dentro da mala que o homem havia despachado. Ao invés de bombons, havia substância com aparência de droga. Acionados, os policiais federais, após os peritos federais identificarem as substâncias suspeitas como cocaína, realizaram a prisão dos passageiros.

Os presos ficarão à disposição da Justiça Federal respondendo pelo crime de tráfico internacional de drogas.