PF e Ibama autuam passageiras tentando embarcar com animais marinhos

Foto: Divulgação PF
- PUBLICIDADE -
Corrida Folha Metropolitana

A Polícia Federal em ação conjunta com o IBAMA, na madrugada de hoje (19), autuou duas passageiras tentando embarcar com partes e espécimes da fauna silvestre nacional sem a devida autorização legal, no Aeroporto Internacional de Guarulhos.

Agentes do IBAMA, que fiscalizavam as bagagens despachadas para o Catar em um voo com destino final à cidade de Pequim, na China, identificaram, por meio da fiscalização indireta com auxílio de raio-x, as malas de duas passageiras que viajariam separadamente. Havia material orgânico semelhante a partes de animais e animais marinhos inteiros.

A PF foi acionada e conduziu as passageiras, ambas nacionais da China e residentes no Brasil, juntamente com testemunhas, para que suas bagagens fossem periciadas.

 Na mala de uma das suspeitas foram encontrados 980 gramas de bexigas natatórias de peixes. Em razão da suspeita de não possuir autorização ambiental devida, foi lavrado pelo IBAMA um auto de infração no valor de R$ 5 mil e instaurado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), pela autoridade policial.

 A segunda acusada, conduzida pelos agentes, foi identificado 100 unidades de pepinos do mar pertencentes a 23 espécimes diferentes. A mulher também não possuía autorização legal para o transporte e, por esta razão, foi aplicada multa no valor de R$ 11 mil, instaurado pela autoridade policial um TCO em seu desfavor.

As acusadas deverão comparecer perante ao Juizado Especial Federal, assim que intimadas, para que possam responder pelo ilícito que lhes foram imputados. 

- PUBLICIDADE -