Perito contesta matéria e reafirma laudo divulgado

Da Redação

O perito Ricardo Caires dos Santos, contratado pelo vice-prefeito, Alexandre Zeitune (Rede), contestou a matéria publicada na edição desta terça-feira (13) da Folha Metropolitana que apontava a utilização de software caseiro para a análise dos 14 áudios investigados pela Comissão Especial de Inquérito (CEI) na Câmara Municipal.

Em nota, Caires “concluiu que todas as falas não têm credibilidade com sinais edições devido que os arquivos estão desmembrados ‘cortados’, por ter aparecido de forma clandestina sem identificar o gravador ou celular que capturou os áudios quebrando a cadeia de custodia”.

Segundo o laudo, ele utilizou o software AVS Video Editor 8.0 – programa disponível gratuitamente na internet para editar e processar vídeos.

Foto: Divulgação