Patrulha Maria da Penha conduz infrator à Delegacia da Mulher por ameaçar cunhada

A Inspetoria de Patrulhamento e Ações Preventivas da Guarda Civil Municipal (GCM) de Guarulhos, por meio da Patrulha Maria da Penha, deu apoio a uma mulher que se encontra sob medida protetiva da Justiça e deteve seu cunhado na última sexta-feira (8) na região do Gopoúva. O homem foi preso por supostamente ameaçar, promover injúria e violência doméstica, além de descumprir medida judicial protetiva.

A GCM foi acionada quando o cunhado da vítima já se encontrava na frente da residência. Ele chutava o portão, xingava a mulher e ameaçava entrar na casa. A equipe da Patrulha Maria da Penha se deslocou para a área e deteve o homem.

Ele foi então conduzido à Delegacia da Mulher, na Vila Camargos. No local a autoridade de plantão lavrou o boletim de ocorrência. O acusado permaneceu detido.

Patrulha Maria da Penha

O objetivo da Patrulha Maria da Penha é assegurar o acompanhamento e o atendimento das mulheres vítimas de violência doméstica e familiar, fiscalizando as medidas protetivas determinadas judicialmente, que são decisões cautelares que a autoridade judicial concede à vítima para proteger sua integridade física. O juiz, dependendo do caso, pode determinar a suspensão do porte de armas do agressor, seu afastamento do lar e o distanciamento da vítima, entre outras ações.