Passageiros do Expresso Turístico poderão pedir reembolso ou remarcar passagens

Da Redação 

Os clientes que compraram passagens para o Expresso Turístico da CPTM antes da suspensão das viagens por conta das medidas temporárias e emergenciais de prevenção ao covid-19 (novo Coronavírus) terão duas opções para que a viagem não seja perdida. 

A CPTM entrará em contato com os passageiros, que poderão optar pelo reembolso ou a remarcação. Quem optar pelo reembolso das passagens será ressarcido em até cinco dias úteis após o envio dos dados bancários. Já quem optar pela remarcação terá prioridade de compra quando as vendas forem retomadas.

Todas as viagens do Expresso Turístico estão canceladas desde 15 de março.  A CPTM pede compreensão e colaboração de todos nas medidas temporárias e emergenciais de prevenção de contágio da doença.

O Expresso Turístico é um passeio de trem tradicional, feito em uma locomotiva de 1952, que parte todos os domingos da Estação da Luz, no Centro de São Paulo, rumo à histórica Vila de Paranapiacaba, a cerca de 40 km da capital. Segundo a CPTM, 6.109 passageiros fizeram o passeio entre janeiro e julho de 2019.

- PUBLICIDADE -