Parceria promovida pela Prefeitura move projetos ambientais em escolas municipais

No encerramento das ações do curso Água, Cuidar para não Faltar nesta quinta-feira (2) foi realizado o Prêmio Inovat de Educação Ambiental, uma parceria da Inovat – União Química e do Ceag (Centro de Educação Ambiental de Guarulhos) com a Prefeitura. O curso teve como objetivo formar profissionais da educação em assuntos socioambientais de modo a subsidiá-los em suas práticas pedagógicas.


A Secretaria de Educação deu início ao Pró-Onda (Programa de Orientações para o não Desperdício de Água) em 2020. A iniciativa objetiva fortalecer a discussão e promover a redução do desperdício do recurso hídrico no âmbito escolar e, desta forma, subsidiar professores e alunos para que a economia desse bem se torne um hábito ao longo da vida.


Já o curso Água: Cuidar para não Faltar, bem como o Prêmio Inovat de Educação Ambiental, são ações de fortalecimento do Programa Pró-Onda, ambos com enfoque no aproveitamento da água.


Todos os professores e gestores que participaram do curso, ao seu final, puderam se inscrever no Concurso Inovat de Educação Ambiental e demonstrar ações educativas desenvolvidas nas escolas. Das sete concorrentes, as melhores foram: EPG Rubem Alves (1º lugar), EPG Otoya Sato (2º) e EPG Maria Isabel de Assis (3º).


Práticas das escolas
EPG Rubem Alves – Participaram do curso duas representantes da escola, a professora Paula Kamei Petinati e a coordenadora pedagógica Talita Bono Pagliuca Urbaninho. Com um trabalho de socialização de saberes, muitas ações dentro do tema água foram realizadas. Cada turma apresentou o tema propondo diversas metodologias para as diferentes faixas etárias, experiências, produção de textos e visita aos espaços externos.

Link para visualização do portfólio: https://drive.google.com/file/d/1mqPnDFRmfOPKFepfpsCWEzpeEiFH5DD8/view?usp=sharing.
EPG Otoya Sato – Com o subtema Água nossa de Cada Dia, as professoras Karina Regina Ferreira Schiapim e Eliana Mathias Marticorena e toda a equipe escolar desenvolveram os trabalhos por meio de brincadeiras, produções artísticas e experiências científicas adequadas para a faixa etária de zero a três anos e de quatro e cinco anos. Durante o projeto realizaram atividades relacionadas ao cotidiano, medidas de valorização da água e um despertar para o seu uso consciente. Link para visualização do portfólio: https://drive.google.com/drive/u/0/folders/11pL8UdJXI0IgBAe3GU8PlZwrB6j3nEvQ.


EPG Maria Isabel de Assis – Com o tema alimentação, a professora Zanandrea Renzi desenvolveu o tema com o projeto Plantando a Alimentação em Mentes Brilhantes com a turma do maternal. O início do projeto foi devido ao fato de alguns alunos não se alimentarem com a comida servida na escola e nem terem vontade de experimentar. Após rodas de conversa percebeu-se que os alunos acreditavam que os alimentos sairiam diretamente do supermercado para suas mesas, pulando a fase de plantio e cultivo.

Aproveitando o amplo espaço na área externa e a presença de algumas árvores frutíferas, o trabalho evoluiu a um ponto em que a água se caracterizou como elemento fundamental para que todo o ciclo de produção de alimentos e demais produtos possam estar presentes na vida das pessoas. Link para visualização do portfólio:
https://docs.google.com/document/d/1m3IDKciCES3eHJXpg2jlztStqMoXi7_I/edit.
 

- PUBLICIDADE -