Operação ‘Guarulhos Mais Segura’ prendeu 26 pessoas e apreendeu quatro menores

Da Redação

A Operação Guarulhos Mais Segura, que mobilizou nesta quarta-feira (13) as forças de segurança pública numa ação integrada por todo o município, abordou quase mil pessoas, centenas de veículos, fiscalizou estabelecimentos irregulares, entre tantas ações, que resultaram na prisão de 26 pessoas e apreensão de quatro adolescentes, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (14) pelo comando da megaoperação.

A prefeitura, por meio da Guarda Civil Municipal (GCM) e as polícias Civil, Militar e da Polícia Rodoviária Federal desenvolveram diversas atividades. A estrutura operacional envolveu cerca de 200 veículos entre carros, motos, caminhão e ônibus da GCM, PM, Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal, além de dois helicópteros, um Águia e outro Pelicano; e policiamento preventivo da Cavalaria da PM, contabilizando um efetivo de mais de 600 homens.

“A nossa intenção como governo é integrar cada vez mais as forças de segurança, pois todas unidas e integradas irão proporcionou, por consequência, muito mais segurança na nossa cidade”, ressaltou o secretário de Assuntos para Segurança Pública de Guarulhos (Sasp), Gilvan Passos.

Ações

O planejamento é um dos pontos fortes para obter o resultado alcançado. Forças policiais se deslocaram para diferentes pontos da cidade, a fim de desbaratar pontos de venda de drogas, autuar comércio irregular de peças de celulares e de veículos (carros e motos), execução de mandados de busca e apreensão, flagrantes, prisões, apreensão de menores e apuração de diferentes denúncias envolvendo crimes ambientais, crimes contra o patrimônio e contra a vida.

De acordo com o balanço apresentado, constam 957 pessoas abordadas, 16 estabelecimentos vistoriados, execução de seis mandados de busca e apreensão, 13 ocorrências de crimes e outras 11 específicas por tráfico. Um total de 26 pessoas foi preso e quatro adolescentes apreendidos. Foram cumpridos 28 mandados prisão e uma pessoa foi conduzida ao hospital.

Foram apreendidas quatro armas de fogo, 800 litros de combustível armazenado de forma irregular, 50 quilos de entorpecentes entre cocaína, crack e maconha.

Foram realizados 20 bloqueios fixos e mais 12 pontos de visibilidade. Um total de 611 motoristas foi abordado, sendo 421 autuados e 93 pegos pelo bafômetro. A ação resultou na apreensão de 14 Certificados de Licenciamento Anual (CLA) e quatro Carteiras de Habilitação Nacional (CNH). Ainda foram vistoriados 278 automóveis, 252 motos, sete coletivos, 74 veículos de carga e localizados oito automóveis que haviam sido roubados ou furtados.

Ocorrência

Em meio a tantos problemas, a Inspetoria de Patrulhamento Ambiental da GCM atendeu a uma ocorrência que valeu por toda a operação. A equipe estava em deslocamento pelo Jardim Marilena, quando avistou uma criança em convulsão dentro de um veículo. Os guardas de pronto a encaminharam à UBS Santa Lídia, onde recebeu os primeiros atendimentos, posteriormente foi conduzida ao Hospital da Criança pelo Samu.

O atendente da UBS ressaltou que o socorro rápido da equipe da GCM fez toda a diferença, salvou a vida dela. A criança já teve alta. A mãe do pequeno Leonardo, de três anos, Kátia Roberta Nogueira agradeceu aos guardas. “Todos estão de parabéns, eu agradeço de coração. Se não fosse vocês, talvez não tivéssemos boas notícias. A médica me informou que o estado em que ele chegou era muito grave. Mas a agilidade contribuiu pra ter um bom resultado. Faço questão de levar o meu filho e agradecer pessoalmente a vocês pelo que fizeram”, frisou. Além disso, houve atendimento de quatro acidentes, dois deles com vítimas, sendo uma fatal.

Imagem: Diego Santos