Número de presos por tráfico internacional de drogas cai quase 20% no aeroporto

1º/6/2017- Guarulhos- SP, Brasil- Uma mulher, da Guatemala, foi presa por policiais federais, na madrugada desta quinta-feira (1º), quando tentava embarcar com mais de 2 Kg de cocaína ocultos dentro de uma bolsa feminina. A droga, que estava distribuída em 3 volumes, teria como destino à cidade de Entebbe, em Uganda. Foto: Polícia Federal

Pedro Lacerda

O número de pessoas presas no GRU Airport – Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica, por tráfico internacional de drogas caiu cerca de 20% no primeiro semestre deste ano. Segundo dados da Polícia Federal do terminal, em 2018, 136 pessoas foram presas, já no ano passado, o número contemplado foi de 167.

A droga confiscada em maior número é a cocaína, representando, somente no primeiro semestre deste ano, 98,5% das apreensões. Já em 2017, a cocaína contemplou cerca de 82% do total de drogas.

Já o número de brasileiros presos este ano pelo crime de tráfico internacional de drogas é de 47 pessoas, seguidos por 40 cidadãos de outras nacionalidades, 33 africanos e 16 sul-americanos.

A quantidade de mulheres que foram presas no Aeroporto de Guarulhos no primeiro semestre deste ano representa 45,6% do total. Recentemente uma mulher foi presa em Cumbica ao carregar dois quilos de cocaína em sua bagagem. A passageira que tinha voo com origem no Rio de Janeiro e que faria conexão com a Angola recebeu voz de prisão e foi encaminhada ao presídio feminino da capital.