Novo Peugeot 208 está vindo

Da Redação

A Peugeot deve lançar no ano que vem no Brasil a nova geração do 208, que está chegando à Europa neste semestre. O modelo já roda no País em testes, ainda com disfarces. Oficialmente, a marca não confirma se o compacto será feito aqui ou na Argentina. Mas uma fonte ouvida pelo JC garantiu que a fábrica de Porto Real (RJ) está apta a produzir veículos com a nova plataforma modular CMP, utilizada pelo modelo.

O certo é que, se for idêntico ao francês, o 208 será um forte concorrente de modelos como VW Polo, Fiat Argo, Chevrolet Onix e Hyundai HB20. Os dois últimos também estão prestes a mudar radicalmente.

O novo 208 une estilo esportivo e tecnologia. A Peugeot foi buscar inspiração em seus SUVs (2008, 3008 e 5008) para dar “agressividade” ao hatch.

O compacto se caracteriza pela ampla grade frontal e pelos faróis de LEDs com feixes de luz quase verticais. Uma faixa, inclusive, chega a “escorrer” para o para-choque. Na traseira, uma faixa plástica une as lanternas. O 208 tem 4,05 metros de comprimento e 1,74 m de largura (7 cm e 4 cm a mais, respectivamente, que o brasileiro). A altura foi reduzida em 4 cm (para 1,43 m). O entre-eixos, de 2,54 m, não mudou.

O estilo arrojado está também na cabine, que lembra o interior dos SUVs da marca (caso das chaves de comando abaixo da central multimídia). O quadro de instrumentos cresceu e é virtual, mas permanece acima do pequeno volante com base achatada. 

A tela projeta gráficos tridimensionais, semelhantes a hologramas. O que não sabemos ainda é se o nacional terá esses avanços. O porta-malas perdeu 20 litros e passou a 265 l.

Quanto aos motores, na Europa o 208 adota a família 1.2 Puretech, de três cilindros, turbo e aspirado. O segundo é basicamente o mesmo utilizado no Brasil, que gera até 90 cv.

Espera-se que a marca francesa traga finalmente o 1.2 com turbo e injeção direta de combustível. Na Europa, o três-cilindros produz de 100 a 130 cv, dependendo da versão. Além disso, o 208 francês recebeu um inédito câmbio automático de oito velocidades.

Imagem: Divulgação