Novo horário do rodízio de veículos na cidade de SP começou a valer nesta segunda

A partir desta segunda-feira, 22, começa a valer um novo sistema de rodízio de veículos na cidade de São Paulo. A medida, anunciada na semana passada pelo prefeito Bruno Covas (PSDB), tem como objetivo tentar reduzir a circulação do coronavírus na cidade com a diminuição do número de passageiros no transporte público. A restrição de circulação para automóveis passa a ser apenas entre as 20h e 5h do dia seguinte.

Nesta segunda-feira, a restrição no novo horário, que acompanha o toque de recolher imposto no Estado, já vale para veículos com placas de final 1 e 2. Veja abaixo como fica a restrição ao longo da semana:

– Segunda-feira: veículos com placas de final 1 e 2;

– Terça-feira: veículos com placas de final 3 e 4;

– Quarta-feira: veículos com placas de final 5 e 6;

– Quinta-feira: veículos com placas de final 7 e 8;

– Sexta-feira: veículos com placas de final 9 e 0.

Veículos que circularem no dia proibido de acordo com o rodízio estão sujeitos a multa no valor de R$ 130,16 e a perder quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O horário tradicional do rodízio, de 7h às 10h e de 17h às 20h, continua valendo apenas para caminhões.