Metalúrgicos de Guarulhos obtêm aumento real em acordos de PLR

Os recentes acordos de Participação nos Lucros e/ou Resultados na base dos Metalúrgicos de Guarulhos Região têm obtido aumento real.

O vice-presidente da entidade, Josinaldo José de Barros (Cabeça), comenta: “Um bom acordo de PLR é benéfico pra todos. O trabalhador ganha mais, a empresa melhora sua produtividade e a economia é aquecida”.

O objetivo do Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região é PLR pra 100% da base. Esse é um dos pontos do programa da diretoria que assume a entidade no dia 24.

Recentes – Só neste mês. Na Johnson Electric (Arujá) houve 10% de aumento sobre o ano passado. Valor pode chegar a R$ 5.000,00, conforme metas. Na Facchini (Água Chata) subiu 20%. Pode chegar a R$ 2.100,00. Na Mayekawa (Arujá), os trabalhadores podem receber mais do que R$ 4.414,00. Na Protendidos Dywidag (Aracília), pode chegar a R$ 3.000,00.

Direito – PLR é direito assegurado na Lei 10.101/2000. Caso a empresa não pague, o Sindicato pede ser avisado pelo telefone 2463.5300.